Riachuelo confirma que Flavio Rocha deixa companhia para eleição

Segundo a empresa, Rocha continuará a exercer suas funções nos cargos que ocupa até o término do mandato, em 26 de abril
Flavio Rocha: "a companhia informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que Flavio Rocha não será indicado para reeleição" (Flávio Rocha/Facebook/Divulgação)
Flavio Rocha: "a companhia informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que Flavio Rocha não será indicado para reeleição" (Flávio Rocha/Facebook/Divulgação)
R
Reuters

Publicado em 23/03/2018 às 21:23.

Última atualização em 27/03/2018 às 12:48.

São Paulo - A Guararapes, dona da rede de lojas de vestuário Riachuelo, confirmou nesta sexta-feira que o vice-presidente e diretor de relações com investidores da companhia, Flavio Rocha, deixará a companhia para ser candidato à Presidência da República neste ano.

Segundo a empresa, Rocha continuará a exercer suas funções nos cargos que ocupa até o término do mandato, em 26 de abril.

"No entanto em razão do tempo a ser depreendido no exercício das atividades de candidato à Presidência da República, a companhia informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que Flavio Rocha não será indicado para reeleição", diz trecho do comunicado.

A Reuters publicou nesta semana que Rocha, seria candidato à Presidência da República e que conversa com seis partidos para definir a sua filiação.