Repsol triplica lucro em 2010 após aliança com a Sinopec

A petrolífera registrou lucro líquido de 4,693 bilhões de euros em 2010, montante três vezes maior que o de 2009
Repsol triplicou seu lucro em 2010, após aliança com a Sinopec no Brasil (Philippe Desmazes/AFP)
Repsol triplicou seu lucro em 2010, após aliança com a Sinopec no Brasil (Philippe Desmazes/AFP)
D
Da RedaçãoPublicado em 24/02/2011 às 06:14.

Madri - A petrolífera Repsol registrou lucro líquido de 4,693 bilhões de euros (quase US$ 6,5 bilhões) em 2010, montante três vezes maior que o de 2009, devido à ampliação do capital de seu filial brasileira, que assinou uma aliança com a chinesa Sinopec.

Segundo comunicou na última quinta-feira à Comissão Nacional da Bolsa de Valores (CNMV), sem levar em conta este item extraordinário, a empresa teria lucro líquido 54,9% melhor que o de 2009, aos 2,36 bilhões de euros (US$ 3,2 bilhões).

Em dezembro, a Repsol acertou a entrada da Sinopec no capital de sua filial brasileira, a Repsol Brasil, da qual a companhia chinesa passou a deter 40%.

A Repsol, que mantém 60% de sua filial brasileira, e a Sinopec chegaram a um acordo em outubro para desenvolver conjuntamente os projetos de prospecção e produção da companhia petrolífera espanhola em águas do Brasil.

A operação, que criou uma das maiores empresas do setor de energia da América Latina, representou para a Repsol um acréscimo contábil de US$ 3,757 bilhões.

Os números de 2010 também refletem a recuperação dos preços das matérias-primas e as novas descobertas.

Desta forma, o resultado de explorações alcançou 5,213 bilhões de euros (US$ 7,1 bilhões), 66,7% mais que no ano anterior.

A produção em 2010 aumentou 3,2%, aos 344 mil barris de petróleo equivalente (bep/dia), e a taxa de substituição de reservas ficou em 131%.

Na área de GNL (gás natural liquidificado), o resultado das explorações foi de 127 milhões de euros (US$ 175 milhões), ou seja, alta de 154%.

A Repsol informou também que propôs a repartição de um dividendo de 1,05 euro por ação com relação ao ano de 2010, o que representa aumento de 23,53% na comparação com 2009.