Receita da Adobe supera estimativas por computação em nuvem

As ações da empresa, que atingiram máxima recorde este mês, tiveram alta de 3,2 por cento em negociações após o fechamento do mercado nesta terça-feira

	Adobe: a receita da empresa subiu para US$ 1,46 bi no trimestre encerrado em 2 de setembro
 (Dado Ruvic/Reuters)
Adobe: a receita da empresa subiu para US$ 1,46 bi no trimestre encerrado em 2 de setembro (Dado Ruvic/Reuters)
D
Da RedaçãoPublicado em 20/09/2016 às 21:12.

A Adobe Systems teve um aumento maior que o esperado, de 20 por cento, em sua receita trimestral, conforme seu pacote de softwares Creative Cloud obteve mais assinantes.

As ações da empresa, que atingiram máxima recorde este mês, tiveram alta de 3,2 por cento em negociações após o fechamento do mercado nesta terça-feira.

A Adobe, geralmente conservadora em suas previsões, disse que espera receita no quarto trimestre de 1,55 bilhão a 1,6 bilhão de dólares. Analistas, em média, esperavam 1,57 bilhão, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Adobe tem divulgado crescimento de dois dígitos nos últimos cinco trimestres, com a empresa se beneficiando de receitas mais previsíveis, guiadas pela transição realizada nos últimos anos para a venda de softwares com base em assinaturas.

A receita da empresa subiu para 1,46 bilhão de dólares no trimestre encerrado em 2 de setembro, ante 1,22 bilhão um ano antes, acima da expectativas dos analistas, de 1,45 bilhão.