Oi diz que ainda não há definição sobre compra da TIM

Operadora disse que até o momento não há qualquer definição ou acordo sobre uma eventual compra da rival

Rio de Janeiro - A operadora Oi disse nesta quinta-feira que até o momento não há qualquer definição ou acordo sobre uma eventual compra da TIM Participações, para a qual contratou o banco BTG Pactual como comissário, nem sobre eventual venda de ativos na África e em Portugal.

Em ofício à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa reiterou que contratou o banco para "viabilizar proposta para a aquisição da participação da Telecom Italia na TIM".

"Nesse sentido, o BTG Pactual tem mantido conversas com terceiros com relação a uma possível operação, dentre os quais foram mantidos contatos com a América Móvil, controladora da operadora Claro", reiterou a empresa, completando que há ainda contato com outros participantes do mercado.

De acordo com a empresa, "até esta data, não há qualquer definição ou acordo com relação a uma estrutura para a operação, e não foram assinados quaisquer instrumentos ou propostas visando a uma operação".

Depois de a Oi ter anunciado em agosto a contratação do BTG Pactual para uma eventual oferta pela TIM, fontes com conhecimento do assunto disseram à Reuters no início de outubro que a operadora controlada pela Telecom Italia havia contratado o banco de investimento do Bradesco para analisar uma oferta pela Oi.

Sobre os ativos da Oi na África, a empresa reforçou que procura interessados em sua aquisição, mas que também, até o momento, não há qualquer acordo.

Em relação aos ativos de Portugal, a empresa disse que o BTG Pactual foi contatado por diversos interessados, dentre os quais a Altice, holding europeia apoiada pelo bilionário do setor a cabo Patrick Drahi.

"A companhia esclarece que até a presente data, não recebeu qualquer proposta de alienação, com indicação de valores ou não, de suas atividades em Portugal e que não existe decisão visando à alienação de tais atividades, ou de seus ativos em Portugal", declarou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.