McDonald’s reabre os restaurantes e 80% já estão em operação

A operação das unidades é principalmente por meio de delivery ou drive-thru, mas alguns dos 1.025 restaurantes já atendem no balcão para pedidos para viagem

A rede de fast food McDonald’s está se preparando para a reabertura no Brasil, depois da quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus. Com 1.025 unidades no Brasil, a empresa está adotando protocolos de segurança com a campanha McProtegidos.

Mais de 80% dos restaurantes da rede de fast food no Brasil estão operando. A prioridade é atender por meio de delivery ou drive-thru, que foram as únicas formas possíveis durante a quarentena.

Algumas dessas unidades em operação já estão reabrindo as portas para atender no balcão e preparar os pedidos para viagem. A empresa não divulga quantos restaurantes já foram reabertos, mas diz que segue os protocolos locais das fases de reabertura. 

Entre as recomendações, estão o uso de luvas e máscaras e marcações no chão dos restaurantes para garantir o isolamento social. Barreiras de acrílico também foram instaladas nos caixas dos balcões, quiosques, McCafé, nas pareas de retirada e no drive-thru.

A rede irá aumentar a frequência da limpeza dos balcões, equipamentos e portas e no número de dispensers de álcool em gel no salão. As máquinas de cartão passaram a ser higienizadas após cada uso e os restaurantes estão sugerindo que os clientes do Drive-Thru façam uso de formas de pagamento à distância, como o Sem Parar.

As unidades também oferecem materiais para higienização das bolsas dos profissionais que entregam os pedidos feitos pelo McDelivery. 

No primeiro trimestre do ano, a Arcos Dorados, franquia do McDonald’s no Brasil e América Latina, alcançou receita total de 284,4 milhões de dólares no Brasil. 

Os pedidos digitais viram um crescimento durante o período da quarentena. No primeiro trimestre, o McDelivery teve crescimento de mais de 100%, a procura pelo Drive-Thru teve aumento de até 40% e o aplicativo contabilizou mais de 39 milhões de downloads.

No início da semana, a B2W, dona das lojas digitais da Americanas.com e Submarino.com, anunciou que permitirá a venda de produtos da rede de fast food na plataforma da companhia de comércio eletrônico. Em comunicado, a B2W afirmou ter iniciado nesta segunda um piloto em lojas no estado de São Paulo e que a plataforma de marketplace local da Americanas usa uma solução proprietária de com mais de 17 mil entregadores.

No mundo, o McDonald’s afirmou ontem que 95% dos seus restaurantes estão em operação. Nos EUA, 99% dos estabelecimentos continuaram operando de alguma forma, mesmo que apenas em delivery e drive-thru.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.