Lucro da ADM cai 41% no 4º tri e fica abaixo de estimativas

O lucro líquido atribuível à companhia caiu para 424 milhões de dólares, ou 73 centavos por ação no quarto trimestre

Chicago - A trading agrícola norte-americana Archer Daniels Midland reportou nesta terça-feira uma queda de 41 por cento no lucro trimestral ante o ano anterior, quando a companhia registrou ganhos não-recorrentes de quase 400 milhões de dólares.

O lucro líquido atribuível à companhia caiu para 424 milhões de dólares, ou 73 centavos por ação no quarto trimestre encerrado em 31 de dezembro, ante 718 milhões de dólares, ou 1,19 dólar por ação no mesmo período do ano anterior.

Excluindo itens não-recorrentes, a ADM lucrou 75 centavos por ação, ficando abaixo da estimativa média de analistas de 77 centavos por ação, segundo pesquisa da Thomson Reuters.

A receita subiu ligeiramente para 16,50 bilhões de dólares.

Uma safra recorde de milho e soja nos EUA e as intensas exportações dos EUA impulsionaram os resultados para o segmento de serviços agrícolas da ADM, o maior em termos de receita.

Mas a companhia, sediada em Chicago, reportou perdas em seu setor de operações globais de comercialização, citando "fraca execução e oportunidades limitadas de vendas antecipadas."

A unidade de serviços agrícolas obtém ganhos vendendo, comprando, armazenando, transportando e processando safras. As margens são normalmente pequenas, mas os volumes são enormes quando a oferta das safras é abundante e a demanda é forte.

A rival Cargill reportou no mês passado um salto nos lucros trimestrais devido em parte às amplas safras nos EUA. A Bunge divulga os resultados na próxima semana.

Essas três companhias, junto com a Louis Dreyfus Corp, são conhecidas como "ABCD" dos grãos por seu predomínio sobre as negociações globais de commodities agrícolas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.