Lenovo enfrenta escassez de tablets e busca aquisições

Empresa chinesa planeja aumentar vendas e participação em mercados emergentes

Hong Kong - A chinesa Lenovo, quarta maior marca de computadores do mundo, está enfrentando oferta escassa de seu tablet LePad, afirmou o presidente-executivo da companhia, Yang Yunanqing, nesta quinta-feira.

A empresa está mirando uma participação de mais de 20 por cento no mercado chinês de computadores tablet, afirmou o executivo após a divulgação de resultados de janeiro a março que superaram expectativas do mercado.

Ele comentou que a Lenovo espera aumentar vendas e participação de mercados emergentes, e o vice-presidente de operações da companhia disse que a empresa está buscando oportunidades de aquisição no setor de Internet móvel.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também