Acompanhe:
seloNegócios

Latam aposta na Black Friday para decolar vendas

Neste ano a companhia deve superar a crise causada pela pandemia e prevê vendas de mais de 700 mil passagens nesta data voltada ao varejo

Modo escuro

Continua após a publicidade
Latam Brasil transportou entre janeiro e outubro deste ano mais de 27 milhões de passageiros em voos domésticos (Divulgação: LATAM Brasil )

Latam Brasil transportou entre janeiro e outubro deste ano mais de 27 milhões de passageiros em voos domésticos (Divulgação: LATAM Brasil )

O setor aéreo foi um dos mais impactados durante a pandemia, com os voos cancelados e fronteiras fechadas, as companhias aéreas brasileiras acumularam prejuízo líquido de R$ 20 bilhões em 2021. Para deixar esse prejuízo no passado, a Latam Brasil aposta que a Black Friday deste ano será uma das mais importantes da história da companhia.

“Este será o primeiro ano em que realmente vamos superar a crise causada pela pandemia da Covid-19 e o atual cenário da aviação no Brasil está ajudando muito com uma demanda de voos extremamente aquecida,” afirma Aline Mafra, diretora de vendas e marketing da Latam Brasil.

Para sair de cenário desafiador, a executiva afirma que a Latam Brasil aproveitou o período da pandemia para se reestruturar por meio do processo de recuperação judicial, que começou em maio de 2020 e durou até novembro de 2022.

“Foi um processo duro, mas que hoje mostra que foi absolutamente assertivo, quando vemos a posição que a companhia se encontra atualmente, não só de liderança de mercado, mas também de saúde financeira,” diz Mafra.

A Latam tem hoje voos próprios para mais de 50 aeroportos brasileiros e outros 26 regionais em codeshare com a Voepass. Na operação internacional, é a empresa que mais transporta turistas ao Brasil, com voos próprios a partir de 90 aeroportos no exterior.

O Black Friday 2023 como um marco

A estratégia de vendas da Latam Brasil na Black Friday de 2023 está agressiva e a expectativa da companhia é de vender mais de 700 mil passagens.

“Queremos democratizar o acesso à aviação no Brasil e para isto estamos colocando no ar uma campanha extremamente competitiva, com passagens aéreas a partir de R$ 99 para voos domésticos e a partir de R$ 855 para voos internacionais, como possibilidade de parcelar em 10 vezes em qualquer cartão,” afirma a diretora de vendas.

Esses valores agressivos só são possíveis graças ao desempenho da companhia nos últimos dois anos. Segundo a executiva, em outubro deste ano a Latam completou dois anos de liderança tanto no mercado doméstico (37,3% do market share) quanto no internacional (24,07%), segundo a ANAC.

“Um dos frutos de ser uma companhia líder de mercado é justamente a margem que temos para oferecer de maneira sustentável tarifas mais competitivas e absorver a crescente demanda de mercado."

"Essa é a estratégia que nos fez transportar de janeiro a outubro deste ano mais de 27 milhões de passageiros em voos domésticos e superar em 17% os 23 milhões que transportamos no mesmo período de 2022,” afirma Mafra.

Além de passagens aéreas, a Latam também oferece até 60% de desconto em pacotes de viagem (voo+hotel) para o Brasil e no mundo. A oferta é válida até domingo (26/11).

Há ainda outros produtos sendo oferecidos com condições promocionais diretamente no site da Latam, como desconto de pelo menos 30% em hospedagem realizada diretamente no site da Latam com a booking.com e desconto de 50% na contratação de seguro-viagem para qualquer lugar do Brasil e do mundo em parceria com a Chubb.

Os voos de 2023 e as metas para 2024

Apesar de alguns desafios, como preço do combustível de aviação e a incerteza sobre o aumento dos impostos da aviação via reforma tributária, a executiva afirma que a empresa está otimista com o Brasil, reconhece o esforço do governo para apoiar as companhias áreas e busca “novos voos” com os resultados conquistados neste ano.

No terceiro trimestre, o grupo Latam como um todo reportou lucro líquido de US$ 232 milhões, acumulando US$ 499 milhões se considerado o período de janeiro a setembro de 2023.

As receitas operacionais totalizaram US$ 3,056 bilhões e superaram em 18,1% o mesmo período do ano anterior impulsionadas por um crescimento de 25,6% nas receitas de passageiros.

Outro avanço, em relação ao trimestre anterior, diz respeito à posição de liquidez do grupo Latam, gerando US$ 104 milhões em caixa e ampliando a liquidez para US$ 2,729 bilhões.

“O Brasil é um forte impulsionador dos bons números, porque representa 50% das operações do grupo Latam como um todo,” afirma Mafra.

No mercado doméstico, a empresa seguirá reforçando o compromisso com o Brasil e deseja seguir na liderança de mercado em número de passageiros transportados.

No internacional, só este ano foram seis novas rotas partindo do Brasil, com operações emblemáticas como Guarulhos-Joanesburgo (África do Sul) e Guarulhos-Los Angeles (EUA), este último fruto da Joint Venture com a Delta Air Lines.

No campo da sustentabilidade, além da chegada do primeiro Airbus A321neo, uma aeronave mais eficiente e que utiliza menos combustível, a executiva também reforça alguns avanços importantes.

“Além do primeiro Airbus A321neo, tivemos a eliminação até o momento de 93% dos plásticos de uso único em toda a nossa operação e o transporte gratuito pelo nosso Avião Solidário de mais de 750 pessoas, 60 animais e 18 toneladas de cargas dar suporte em situações como deslizamentos no litoral paulista, na crise humanitária do povo Yanomami e na crise dos botos que sofrem com as secas no Amazonas.”

Quando o assunto é demanda, os números no Brasil continuam decolando. Anualmente, a LATAM transporta no país uma média de 30 milhões de passageiros em voos domésticos e 3 milhões em voos internacionais. São cerca de 700 voos por dia no mercado brasileiro, sendo 650 domésticos e 50 internacionais.

LEIA MAIS: 

Para onde vão os preços das passagens aéreas no mundo nos próximos anos?

Com ofertas de até 70%, Leroy Merlin mira bater 1 bilhão de vendas online nesta Black Friday

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Além do macarrão: Spoleto aposta em franquia de pizza e cliente vai "criar seu prato"
seloNegócios

Além do macarrão: Spoleto aposta em franquia de pizza e cliente vai "criar seu prato"

Há 9 horas

Ricardo Bellino leva líderes empresariais ao mosteiro Zen para aprender nova abordagem de liderança
seloNegócios

Ricardo Bellino leva líderes empresariais ao mosteiro Zen para aprender nova abordagem de liderança

Há 12 horas

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro
seloNegócios

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro

Há 13 horas

Como abrir um negócio usando a inteligência artificial e ter mais chance de ser bem sucedido
seloNegócios

Como abrir um negócio usando a inteligência artificial e ter mais chance de ser bem sucedido

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais