Negócios

JBS nega envolvimento com caso investigado pela Zelotes

A JBS negou qualquer envolvimento com irregularidades investigadas pela operação, que desarticulou organização que atuavam em entidade da Receita Federal


	JBS: a Operação Zelotes foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais
 (Divulgação)

JBS: a Operação Zelotes foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 14 de abril de 2015 às 20h14.

São Paulo - A JBS disse nesta terça-feira que não há qualquer envolvimento da companhia com as irregularidades investigadas pela Operação Zelotes, da Polícia Federal, em resposta a reportagem do jornal O Globo sob o título "Zelores: JBS e BRF aparecem nas gravações".

A Operação Zelotes foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), manipulando o trâmite de processos e o resultado de julgamentos, gerando prejuízos bilionários à União.

Segundo a Polícia Federal, disse a JBS, a companhia aparece em uma conversa gravada entre Paulo Borges e o membro do Carf Jorge Victor Rodrigues, mas a empresa destacou que não conhece Borges e nunca autorizou ninguém a negociar qualquer assunto em nome da Companhia.

"Além disso, a JBS assevera que não tem qualquer contato com esse conselheiro (Sr. Jorge Victor Rodrigues), que na própria notícia admite nunca ter tido contato com qualquer representante da JBS", afirmou o diretor de Relações com Investidores da empresa, Jeremiah Alphonsus O’Callaghan, no esclarecimento.

Além disso, destacou a empresa, a gravação da Polícia Federal objeto da notícia foi realizada em setembro de 2014, sendo que nela Paulo Borges refere-se a um processo que já havia sido encerrado em 2011.

Ou seja, "seria impossível a JBS se beneficiar de algo que já estava encerrado, conforme a própria reportagem informa".

Acompanhe tudo sobre:Carnes e derivadosEmpresas abertasEmpresas brasileirasJBSOperação ZelotesPolícia Federalreceita-federal

Mais de Negócios

10 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Mukesh Ambani: quem é o bilionário indiano que vai pagar casamento de R$ 3,2 bilhões para o filho

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Mais na Exame