Negócios

HP compra Aruba networks para desenvolver redes sem fio

A aquisição, pelo valor de US$ 2,7 bilhões, impulsiona o desenvolvimento da HP de redes mobile e sem fio para empresas


	HP: a aquisição, pelo valor de US$ 2,7 bilhões, impulsiona o desenvolvimento da HP de redes mobile e sem fio para empresas
 (Dirk Waem/HP)

HP: a aquisição, pelo valor de US$ 2,7 bilhões, impulsiona o desenvolvimento da HP de redes mobile e sem fio para empresas (Dirk Waem/HP)

Karin Salomão

Karin Salomão

Publicado em 3 de março de 2015 às 14h27.

São Paulo - A Hewlett-Packard Co, ou HP, anunciou a aquisição da Aruba Networks Inc, fabricante de equipamentos para redes sem fio, por cerca de US$ 2,7 bilhões. Com a aquisição, a HP impulsiona o desenvolvimento de redes mobile e sem fio para empresas.

A HP irá pagar US$ 24,67 por ação, 34,4% a mais do que o valor fechado no último mês.

Juntas, as empresas irão produzir soluções de redes móveis para empresas, lideradas pelo CEO da Aruba, Dominic Orr, e pelo diretor de estratégia e tecnologia, Keerti Melkote, também da Aruba Networks.

Mais e mais empresas estão permitindo que seus funcionários acessem os sistemas de trabalho por dispositivos móveis ou de casa. Com a transformação do trabalho e a guinada para redes mobile e aparelhos conectados ao wi-fi, as empresas precisam ampliar e atualizar sua infraestrutura.

“Empresas estão vivenciando um mundo que prioriza o mobile e estamos procurando por soluções que os ajudem a levar investimentos tradicionais para o novo estilo de tecnologia da informação”, afirmou Meg Whitman, presidente da HP em comunicado a imprensa.

Com a HP, a Aruba irá desenvolver redes conectadas à nuvem que acessem rapidamente os programas das empresas. 

Assim, “a HP estará posicionada de forma única para oferecer tanto inovação quanto entrega global de serviços para atender às necessidades dos consumidores pelo mundo”, disse a Aruba em comunicado

Aruba Networks

A Aruba Networks é uma das empresas líderes de soluções para acessos remotos em equipamentos mobile. Em 2014, o faturamento da companhia foi de US$ 729 milhões, tendo crescido cerca de 30% nos últimos cinco anos.

Baseada na Califórnia, tem cerca de 1.800 funcionários e é uma líder do setor de redes sem fio, tendo operações no continente americano, na Europa, Oriente Médio, África e região do Pacífico.

A transação ainda precisa da aprovação dos acionistas da Aruba e dos órgãos reguladores norte-americanos, e deve ser concluída no segundo semestre fiscal de 2015. 

HP

A HP luta para manter sua relevância no mundo mobile. No ano passado, a empresa fez uma das maiores reviravoltas organizacionais de sua história ao anunciar a cisão em duas grandes áreas de negócios ao longo de 2015.

A divisão de computadores pessoais e de impressoras foi separada da divisão de hardware corporativo e de serviços.

O processo completo de reorganização, que começou em 2012 e vai até o final do ano que vem, resultará na demissão de 55.000 pessoas, além de redução de custo e ganho de eficiência. 

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiaFusões e AquisiçõesHPServiços

Mais de Negócios

Como linhas de crédito para COP vão ajudar Dona Lúcia, cozinheira que mudou o modo de comer no Pará

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Casa do Pão de Queijo

De pequena farmácia a gigante da beleza, como O Boticário virou um fenômeno com R$ 30 bi em vendas

Smart Fit compra rede de estúdios Velocity por R$ 183 milhões

Mais na Exame