Governo uruguaio quer que Airbnb pague impostos

O Executivo uruguaio quer "formalizar" o Airbnb, disse a ministra do Turismo, indicando que houve uma reunião com os representantes da empresa

O governo uruguaio quer que a empresa americana de aluguel de imóveis Airbnb pague impostos, disse a ministra de Turismo, Liliam Kechichián, ao jornal local El Observador.

O Executivo uruguaio quer "formalizar" o Airbnb, disse a ministra na entrevista, indicando que houve uma reunião com os representantes da empresa, de quem se espera uma proposta.

"Se mostraram favoráveis a pagar impostos e serem legalizados, mas ainda não nos entregaram essa proposta", explicou Kechichián.

Segundo o jornal, o Airbnb tem 4.300 ofertas no Uruguai na sua plataforma digital.

Segundo os números oficiais, o Uruguai recebeu cerca três milhões de turistas no ano passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.