Fundador do SoftBank promete um milhão de testes para o coronavírus

No entanto, após duras críticas, o bilionário japonês Masayoshi Son disse que pode reconsiderar o plano

O bilionário japonês Masayoshi Son, fundador do SoftBank, quebrou o silêncio de três anos no Twitter e se disse “preocupado com o coronavírus”. O executivo prometeu, pela sua rede social, um milhão de testes gratuitos para detectar o vírus, provavelmente para o Japão, embora não tenha especificado para qual país a doação seria destinada.

“Gostaria de oferecer a oportunidade de testes gratuitos para aqueles que estão preocupados com o novo coronavírus”, tuitou Son. “Primeiramente, para um milhão de pessoas. Estamos verificando como eles podem ser aplicados ”, disse ele, referindo-se aos testes de reação em cadeia da polimerase (PCR) que podem detectar infecções muito precoces.

No entanto, o que era para ser uma boa notícia acabou se tornando uma enxurrada de críticas. Para inúmeros seguidores, o anúncio poderia sobrecarregar o sistema de saúde.

Son disse ter visitado o Ministério da Saúde do Japão nesta quarta-feira, 11, pois queria “cooperar para que os testes não causassem qualquer ônus” ao sistema.

Cerca de duas horas depois de seu primeiro tuíte sobre o plano de teste de PCR, ele voltou à rede social para dizer que poderia reconsiderá-lo devido ao feedback negativo. “Como foi mal recebido, talvez eu não o faça”, afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.