Dia Nacional da Cachaça: conheça origem e novo momento da bebida brasileira

Confira a origem do Dia da Cachaça, dados da exportação e receitas de drinks com a bebida brasileira
Cachaça de 21 anos da Weber Haus (Weber Haus/Divulgação)
Cachaça de 21 anos da Weber Haus (Weber Haus/Divulgação)
I
Isabela RovarotoPublicado em 13/09/2022 às 06:00.

Dos balcões de bares modestos para as prateleiras de renomados mestres internacionais da coquetelaria, a cachaça se tornou muito mais do que um símbolo cultural e atualmente é considerada patrimônio do povo brasileiro.

No dia 13 de setembro é comemorado o Dia Nacional da Cachaça. Conheça a origem da data, o novo status da bebida brasileira e dados da exportação.

Qual a origem do Dia da Cachaça?

O Dia Nacional da Cachaça foi criado em 2009 pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC). A data escolhida foi o dia 13 de setembro, quando ocorreu a Revolta da Cachaça, no ano de 1661.

Em 1630, a cachaça estava ganhando destaque no mercado e tomando o lugar da bagaceira, bebida produzida pelos portugueses feita com o bagaço de uva. Com isso, o rei de Portugal decidiu proibir a produção da cachaça para intensificar o consumo da bagaceira.

Como não existia uma fiscalização efetiva, a cachaça continuou sendo produzida, até que, em 1659, instaurou-se um novo decreto proibindo o comércio da bebida, dessa vez com ameaças de deportação e até destruição dos alambiques.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Foi então que os produtores fluminenses fizeram uma rebelião e tomaram o governo da cidade com o objetivo de legalizar o destilado.

E no dia 13 de setembro de 1661 ela foi oficialmente liberada para fabricação e venda no país. Desde então, a cachaça se consolidou de vez no Brasil.

Novo status da Cachaça

“Nos últimos 20 anos, a cachaça assumiu um status competitivo muito alto no mercado de bebidas. Valores que eram praticados apenas por whiskies 30 anos, hoje são facilmente ultrapassados por algumas cachaças, inclusive pelas da Weber Haus”, explica Evandro Weber, diretor da marca Weber Haus.

A bebida da Weber Haus foi envasada em uma garrafa especial, acomodada em uma embalagem luxuosa e customizada com o logo da empresa. O processo de envelhecimento e o tempo de cuidado com a bebida dão a ela o mais do que justo status premium, e como tal seu preço na loja oficial da marca é R$ 2.699,00.

“Nosso objetivo foi unir uma experiência sensorial única com um toque de sofisticação, e o resultado foi um produto que se tornou objeto de colecionadores”, diz Weber. O impacto no mercado de bebidas com a Lote 48 foi tão grande, que a marca decidiu ousar ainda mais anos depois.

Entenda como Concha y Toro subiu preço dos vinhos (e deu certo)

Considerada uma das cachaças mais caras do Brasil, ela ganhou o nome de Weber Haus Diamant 21 years old. Foram lançadas duas versões: uma tradicional que custa quase R$ 9 mil, e outra com um diamante de 3,65mm incrustado na garrafa, que sai por quase R$13 mil. Apenas 1.000 garrafas foram fabricadas, sendo que a número 0001 foi leiloada no dia 18 de novembro de 2021 em Ivoti (RS) e arrematada pelo valor de R$66.948,00.

Exportação de Cachaça

A exportação de cachaça realizada entre janeiro a agosto de 2022 apresentou crescimento no comparativo com 2021: 62,49 %, no valor, atingindo US$ 13,10 milhões, e aumento de 26,84% no volume, para 5,9 milhões de litros.

Em 2021, nesse mesmo período, foram exportados o equivalente a US$ 8.066.791,00 em valor, e 4.710.930 litros em volume.

Gosta de espumantes? Saiba o que é o método champenoise

Os dados são do Comex Stat, do Ministério da Economia, compilados pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), entidade representativa do setor.

Atualmente, a Cachaça é exportada para 66 países, principalmente para:

  • Estados Unidos
  • Alemanha
  • Portugal
  • Itália

Drinks com Cachaça

Coquetel cachaça com café

(Weber Haus/Divulgação)

Ingredientes:

  • 40ml de cachaça;
  • 20ml de cachaça com canela Sassafrá;
  • 30ml Vermute Tinto;
  • 7,5ml Café Cold Brew;
  • Gelo

Modo de Preparo:

Em um vidro mexedor, ou copo grande, adicione todos ingredientes com gelo e mexa por aproximadamente 12 segundos. Sirva coado em uma taça previamente refrigerada. Finalize com a casca de laranja.

Aniversário do Palmeiras: time completa 108 anos e ganha cachaça oficial

Macunaíma

Drink Macunaíma

(Weber Haus/Divulgação)

Ingredientes:

  • 50ml de Cachaça Branca;
  • 20ml Limão Tahiti;
  • 20ml Xarope Simples;
  • 7,5ml Fernet Branca

Modo de Preparo:

Acrescente todos os ingredientes na coqueteleira, bata com gelo por aproximadamente 10 segundos. Sirva coado com o auxílio de uma peneira para um copo com gelo.

Modo de preparo Xarope Simples:

Em uma panela acrescente 200ml de água e deixe chegar ao ponto de fervura. Em seguida, acrescente 200g de açúcar refinado e mexa até diluir. Desligue o fogo e deixe esfriar em temperatura ambiente. Validade: 14 dias mantendo sempre refrigerado.

Coquetel cachaça com vermute

(Weber Haus/Divulgação)

Ingredientes:

  • 60ml de cachaça;
  • 15ml Vermute Tinto;
  • 15ml Vermute Seco;
  • 02 Angostura Bitter

Modo de Preparo:

Em um vidro mexedor, ou copo grande, adicione os ingredientes com gelo. Mexa por aproximadamente 16 segundos. Sirva coado em uma taça com gelo. Finalize com a casca de laranja.

Royal Salute ganha edição especial com estilista 'queridinho' da Rainha Elizabeth II