CVM recebe segunda reclamação contra Vale

Ação argumenta que mineradora divulgou informações falsas sobre segurança das minas, questão parecida com 1ª ação recebida pela comissão contra a empresa

Rio - Os controladores e administradores da Vale são alvo de uma reclamação recebida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) relacionada à tragédia da Mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Apesar das dimensões da tragédia, até agora, a autarquia recebeu apenas duas reclamações formais.

Na queixa, protocolada na segunda feira, a participante do mercado Isadora Moreira Talamo acusa a empresa de "divulgar informações inverídicas quanto à segurança das minas". "A Vale se recusa a seguir protocolos de segurança porque os mesmos são caros e limitaria o valor pago aos acionistas. Tudo isso para que a Vale pague bem seus acionistas", afirma.

O Broadcast sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, obteve a reclamação em função de um pedido de vista, baseado na Lei de Acesso à Informação. ( - renata.batista@estadao.com)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.