Negócios
Acompanhe:

CPFL Renováveis tem prejuízo líquido de R$ 26,24 mi no 4º tri

Em 2016, a empresa registrou prejuízo líquido de R$ 143,706 milhões, valor 195% maior que o prejuízo de R$ 48,717 milhões de 2015

CPFL Renováveis: o Ebitda caiu R$ 27,6% nos últimos três meses do ano na comparação com igual etapa de 2015, para R$ 269,502 milhões (foto/Divulgação)

CPFL Renováveis: o Ebitda caiu R$ 27,6% nos últimos três meses do ano na comparação com igual etapa de 2015, para R$ 269,502 milhões (foto/Divulgação)

E
Estadão Conteúdo

22 de março de 2017, 19h21

São Paulo - A CPFL Renováveis encerrou o quarto trimestre de 2016 com prejuízo líquido de R$ 26,245 milhões ante lucro líquido de R$ 82,643 milhões apurado no mesmo período do ano anterior.

Em 2016, a empresa registrou prejuízo líquido de R$ 143,706 milhões, valor 195% maior que o prejuízo de R$ 48,717 milhões de 2015.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) caiu R$ 27,6% nos últimos três meses do ano na comparação com igual etapa de 2015, para R$ 269,502 milhões.

A margem Ebitda caiu 31,4 pontos porcentuais para 53,7%. No ano de 2016, o Ebitda somou R$ 993,129 milhões, recuo de 0,8% ante 2015. A margem Ebitda em 12 meses ficou em 60,3%, uma baixa de 6,5% p.p. na comparação anual.

A empresa também divulgou um Ebitda ajustado de R$ 346,769 milhões nos últimos três meses de 2016, alta de 3%% na comparação com igual trimestre de 2015. No ano, o Ebitda ajustado somou R$ 1,084 bilhão, um avanço de 0,9% ante o ano anterior.

A receita líquida da CPFL Renováveis totalizou R$ 501,857 milhões de outubro a dezembro de 2016, alta de 14,7% ante igual período de 2015. No ano de 2016, a receita líquida totalizou R$ 1,646 bilhão, com avanço de 9,8% ante 2015.

O resultado financeiro ficou negativo em R$ 142,787 milhões nos últimos três meses do ano, ante resultado financeiro negativo de R$ 124,025 milhões de igual etapa do ano anterior.

No fechado de 2016, o resultado financeiro ficou negativo em R$ 537,356 milhões, uma alta de 16,7% ante resultado negativo de R$ 460,268 milhões de 2015.