• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

COP da Biodiversidade termina hoje com promessa de fundo milionário

Evento capitaneado pela China ainda terá uma segunda parte, em 2022, quando será definido um marco global para proteção da biodiversidade
O presidente chinês, Xi Jinping: “Diante da dupla tarefa de recuperação econômica e proteção ambiental, os países em desenvolvimento precisam de ajuda e apoio” (Divulgação/World Economic Forum/Pascal Bitz)
O presidente chinês, Xi Jinping: “Diante da dupla tarefa de recuperação econômica e proteção ambiental, os países em desenvolvimento precisam de ajuda e apoio” (Divulgação/World Economic Forum/Pascal Bitz)
Por Rodrigo CaetanoPublicado em 15/10/2021 06:00 | Última atualização em 05/11/2021 13:12Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Enquanto todas as atenções do mundo se voltam para a COP26, que será realizada em Glasgow, Escócia, no início de novembro, uma outra COP menos conhecida, mas igualmente importante, se encerra hoje na cidade de Kumming, na China: A 15a COP da Biodiversidade.

O ponto alto do evento foi o anúncio, pela China, da criação de um fundo para proteção da biodiversidade em países em desenvolvimento, que começa com 233 milhões de dólares, o equivalente a quase 1,2 bilhão de reais na cotação atual. O presidente chinês, Xi Jinping, convidou os países desenvolvidos a contribuir para o fundo.

“Diante da dupla tarefa de recuperação econômica e proteção ambiental, os países em desenvolvimento precisam de ajuda e apoio”, disse Xi Jinping. Esse foi o primeiro grande evento ambiental realizado pela China.

Como resultado concreto, a COP15 produziu um documento, assinado por mais de 100 países, no qual as nações se comprometem a criar um pacto global para proteção da biodiversidade. O texto pede “ação urgente e integrada” para incorporar questões referentes à biodiversidade em todos os setores da economia.

Apesar da declaração conjunta, as principais negociações foram adiadas para 2022 em função da pandemia. O evento deste ano foi realizado virtualmente. A expectativa para o próximo ano é que seja definido um marco global para a proteção da biodiversidade.