Com a reabertura do comércio, como foi a volta aos shopping centers

As principais datas comerciais, o Dia das Mães e dos Namorados, ajudaram a levar consumidores aos centros de compra

Com a reabertura do comércio e dos shoppings centers em São Paulo, na semana passada, os consumidores voltaram em massa a frequentar os centros de compra. 

No mês de junho, a perspectiva do afrouxamento do isolamento social foi o principal fator que levou as lojas a alcançar os maiores números de visitantes desde o início da pandemia, de acordo com FX Retail Analytics, especializada em monitoramento de fluxo para o varejo. 

As principais datas comerciais, o Dia das Mães e dos Namorados, também ajudaram a levar consumidores aos centros de compra. 

As lojas de rua e nos shopping centers na cidade de São Paulo voltaram a abrir nos dias 10 e 11, respectivamente, e no Rio de Janeiro a reabertura foi feita a partir do dia 2, com shoppings reabrindo a partir do dia 8. Diversos shopping centers também voltaram a abrir pelo país no dia 8, enquanto em outras regiões a abertura já ocorria antes disso. 

Por outro lado, algumas cidades de São Paulo, como Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto, ainda não tiveram a reabertura autorizada, enquanto o estado de Pernambuco e as cidades de Recife e Goiânia estão planejando reabertura de shoppings a partir da próxima semana.

Na primeira semana do mês, 1 a 7 de junho, as lojas de rua tiveram uma queda de 17% em seu fluxo, enquanto os shoppings alcançaram 128% de crescimento em todo o país. Já na segunda semana, de 8 a 14 de junho, o movimento foi contrário, com os estabelecimentos localizados nas ruas atingindo 112% de aumento, frente a uma queda de 4% dos outros varejistas.

O reaquecimento do comércio teve início na segunda semana de maio, dos dias 3 a 9 e na véspera do Dia das Mães, que, mesmo apresentando queda de 84,1% no fluxo do comércio em relação a 2019, mostrava crescimento de 86% nas lojas físicas e 34% nos shoppings, em comparativo com a semana anterior, de acordo com dados da FX Retail Analytics.

Na região sudeste, especificamente, os shopping centers tiveram alta de fluxo de 238,6% na semana do Dia das Mães em relação a semana anterior. Em junho, na primeira semana do mês, o fluxo nos shoppings centers da região foi 267,7% superior em relação a semana anterior. Já na segunda semana do mês, do Dia dos Namorados, a alta foi de 81,7%. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.