Charles III: o que o príncipe fazia antes de virar rei?

De uma marca de perfumes inspirada nos jardins mantidos por ele em um castelo na Inglaterra a negócios hoteleiros na Escócia, Charles III já mantinha uma agenda empreendedora
Rei Charles III: conheça os negócios do monarca antes de assumir a coroa (Peter Cziborra/Reuters)
Rei Charles III: conheça os negócios do monarca antes de assumir a coroa (Peter Cziborra/Reuters)
M
Maria Clara Dias

Publicado em 09/09/2022 às 12:07.

Última atualização em 09/09/2022 às 12:13.

O novo rei britânico Charles III assume em primeiro dia como monarca nesta sexta-feira, 9, após morte de sua mãe, a Rainha Elizabeth II. O que poucos sabem, porém, é que antes mesmo de assumir o trono, Charles já conduzia diversos negócios e agora terá de concilar a monarquia à liderança de ao menos duas empresas no Reino Unido.

Quais são os negócios do Rei Charles III?

De uma marca de perfumes inspirada nas jardins mantidos por ele em um castelo na Inglaterra a negócios hoteleiros na Escócia, Charles III é um verdadeiro empreendedor.

O primeiro empreendedimento, aberto em 2019, é uma pousada de luxo instalada na antiga residência de sua avó, a Rainha Elisabeth, na Escócia. O conjunto, que leva o nome de The Granary Lodge, fica no terreno do Castelo de Mey, na cidade de Caithness, com quartos custam em torno de 160 libras por noite, ou cerca de US$ 208. Já para visitação aos famosos jardins do Castelo de Mey, os preços partem de 13 libras.

LEIA TAMBÉM: Castelo de Balmoral: conheça a residência escocesa onde morreu a rainha Elizabeth II

As diárias no The Granary Lodge incluem cama e café da manhã luxuoso em uma instalação de dez quartos que costumava ser o antigo celeiro da família, um local anexo ao castelo em si. A decoração é repleta de fotografias e pinturas da família real, além de uma arquitetura típica do século XVII.

Um dos quartos da pousada The Granary Lodge, na Escócia (The Castle & Gardens of Mey/Divulgação)

O empreendimento é adminstrado pela The Prince's Foundation, da qual Charles III é presidente, e todos os lucros são destinados à um fundo de caridade da família real desde 2019 para a preservação do local como destino turístico do país.

The Granary Lodge, na Escócia (The Castle & Gardens of Mey/Divulgação)

O Rei Charles III também é proprietário de uma marca de perfumes, a Highgroove Bouquet. A linha é inspirada no jardim homônino de Charles e a então rainha consorte Camilla Parker Bowles, em sua residência privada na Inglaterra. O item nasce da parceria do monarca com a Penhaligon's, uma das casas de fragrância mais famosas do mundo, e foi lançado em 2022.

O lucro das vendas também é destinado à Fundação filantrópica de Charles, a The Prince's Foundation.

Highgrove, linha de perfumes de Charles III inspirada em seus jardins (Penhaligon's/Divulgação)

VEJA TAMBÉM

Elizabeth II e Diana: como era a relação entre princesa e rainha?

Rainha Elizabeth II: conheça as curiosidades e grifes favoritas da monarca