Café e refrigerante sem açúcar levam Coca-Cola a subir previsão de lucro

Respondendo às novas demandas dos consumidores, a maior fabricante de bebidas do mundo disse esperar que as receitas orgânicas cresçam 5% em 2019

A Coca-Cola superou as expectativas de lucro do segundo trimestre e elevou sua previsão de receita orgânica para o ano inteiro, apostando em seu novo café pronto para beber e na demanda por refrigerantes sem açúcar.

A maior fabricante de bebidas do mundo disse nesta terça-feira que espera que as receitas orgânicas cresçam 5% em todo o ano de 2019, acima de sua projeção anterior de um aumento de cerca de 4%.

A Coca-Cola tem respondido às mudanças nos gostos dos consumidores, indo além dos refrigerantes tradicionais e oferecendo bebidas com baixo teor de açúcar ou novos sabores.

No segundo trimestre, um crescimento de 4% no volume tradicional da Coca-Cola e sua versão sem açúcar ajudaram a receita líquida a subir 6,1% para 10 bilhões de dólares, um pouco acima das estimativas dos analistas.

O lucro líquido atribuível à Coca-Cola subiu 12,6%, para 2,61 bilhões de dólares.

Excluindo itens extraordinários, a empresa obteve lucro de 0,63 dólar por ação, 0,02 dólar acima das estimativas de Wall Street, de acordo com dados do IBES da Refinitiv.

A receita orgânica, uma métrica observada de perto que aponta o crescimento de vendas excluindo aquisições e flutuações cambiais, subiu 6%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.