BRF continua exportando algumas carnes para Arábia Saudita

Uma porta-voz da BRF disse à Reuters que apenas uma de suas plantas estava coberta pela ordem, sem especificar o volume de exportações afetadas

Dubai - A brasileira BRF disse que está mantendo algumas exportações para a Arábia Saudita, depois que o reino restringiu as importações brasileiras de carne bovina e de aves, após acusações de que um esquema de corrupção no Brasil permitiu a venda de carnes podres e com salmonela.

A Autoridade de Alimentos e Drogas da Arábia Saudita disse na quarta-feira que proibiu as importações de quatro empresas, incluindo a BRF, citando preocupações sanitárias.

Mas uma porta-voz da BRF disse à Reuters no fim de semana que apenas uma de suas plantas estava coberta pela ordem, sem especificar o volume de exportações afetadas.

"Todas as outras fábricas, incluindo as plantas que exportam para a Arábia Saudita, permanecem funcionais", disse a empresa em comunicado.

As autoridades sauditas não puderam ser contatadas para comentários.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.