Braskem receberá financiamento de US$15 mi da Pensilvânia

O acordo tem como condição a criação, pela Braskem, de ao menos 28 empregos

Nova York - A Pensilvânia vai oferecer assistência financeira para a compra de partes da refinaria Marcus Hook, da Sunoco, pela Braskem Americas, disse o governador do Estado nesta quarta-feira.

O Estado vai dar suporte à aquisição de ativos de separação de propeno, chamados "splitter", da refinaria, fechada com 15 milhões de dólares em financiamento, enquanto a companhia investirá ao menos 56 milhões de dólares no local, disse o governador Tom Corbett em comunicado.

O acordo tem como condição a criação, pela Braskem, de ao menos 28 empregos, além da retenção dos 119 trabalhadores por um período de pelo menos cinco anos.

A Braskem, maior petroquímica das Américas, anunciou a compra dos ativos na semana passada para uso em sua linha de produção de polipropileno. O valor da compra não foi revelado.

A Sunoco, que busca sair do negócio de refinaria, fechou a Marcus Hook, com capacidade de processar 178 mil barris de óleo por dia, em dezembro passado.

A Braskem já tinha adquirido os negócios de polipropileno da Sunoco em 2010.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.