BNDES acredita em recuperação da OGX

A companhia do bilionário Eike Batista recebeu créditos de R$ 10,4 bilhões do banco estatal

Rio de Janeiro - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) expressou nesta quarta-feira sua confiança na recuperação da companhia petrolífera OGX, do bilionário Eike Batista, que recebeu créditos de R$ 10,4 bilhões do banco.

No entanto, a principal instituição de fomento do país afirmou em comunicado que o crédito ainda não foi concedido em sua totalidade por causa do calendário de execução dos projetos financiados.

A entidade "está acompanhando o desenrolar dos fatos relacionados com o Grupo EBX - controlado por Eike Batista -, que dispõe de ativos sólidos e valiosos, e confiamos na capacidade dos responsáveis de encontrar a melhor solução para superar os atuais desafios".

A OGX anunciou na segunda-feira que suspenderá suas operações em três poços do campo de Tubarão Azul.

O anúncio derrubou os papéis ordinários da OGX cotados no Ibovespa, com quedas nas três últimas sessões da bolsa de São Paulo que superam 70%.

O BNDES, além disso, assinalou que sua participação nas ações das empresas do grupo EBX representa 0,6% do fundo BNDespar, o braço do banco no mercado de capitais, e afirmou que o contrato de crédito está amparado com garantias bancárias.

"Com isso, a exposição direta da EBX representa uma parte muito pequena do patrimônio líquido de referência do BNDES", disse o banco.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, descartou hoje que o governo esteja estudando algum tipo de medida para ajudar o Grupo EBX nestes momentos de crise.

A agência de qualificação de risco Standard & Poor"s (S&P) rebaixou na terça-feira a nota de risco da OGX, que passou de B- para CCC, um nível considerado como de "alto risco de inadimplência", segundo a escala da entidade.

Com uma perspectiva "negativa", a S&P fez a mesma qualificação da agência Fitch, divulgada no dia 14 de junho.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.