Bancos russos recorrem a sistema chinês após saída de Visa e Mastercard

Visa e Mastercard cancelaram operações no país e novos cartões serão emitidos sob a bandeira UnionPay
 (Joe Raedle/Getty Images)
(Joe Raedle/Getty Images)
Por ReutersPublicado em 06/03/2022 15:03 | Última atualização em 11/03/2022 11:15Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Cartões de crédito emitidos por bancos russos que usam os sistemas de pagamento Visa e Mastercard deixarão de funcionar no exterior a partir de 9 de março, disse o banco central da Rússia neste domingo, acrescentando que algumas instituições financeiras locais procurariam usar o sistema UnionPay da China.

De acordo com o banco central, a proibição no exterior também se aplica a cartões emitidos por subsidiárias locais de bancos estrangeiros.

O anúncio veio depois que as empresas de pagamentos dos EUA Visa e Mastercard informaram a suspensão das operações na Rússia, juntando-se à lista de empresas que estão cortando laços comerciais com a Rússia.

O banco central acrescentou que muitos bancos russos planejam emitir cartões usando o UnionPay, um sistema que disse estar habilitado em 180 países.

Embora vários bancos russos já usem o UnionPay, outros, incluindo o Sberbank e o Tinkoff, podem começar a emitir cartões com o sistema de pagamentos doméstico da Rússia com o UnionPay, acrescentou.

Os cartões Mastercard e Visa emitidos na Rússia seriam aceitos dentro do país até o vencimento, disse o banco.

Leia mais