Azul fecha acordo com aérea ASTA e amplia operações em Mato Grosso

Com a parceria, a companhia aérea começará a atender sete novos destinos no Estado; saiba quais são

A Azul fechou nesta quinta-feira, 22, um acordo comercial de voos com a ASTA Linhas Aéreas, empresa mato-grossense focada em aviação sub-regional. Com a parceria, a Azul começará a atender sete novos destinos em Mato Grosso: Água Boa, Canarana, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Primavera do Leste e Tangará da Serra.

Focada em viagens ligadas ao agronegócio, a ASTA existe desde 1995 e, atualmente, opera onze voos diários no Estado com três aeronaves monomotor, do modelo Cessna Grand Caravan C208B, de nove lugares. Além dos novos destinos conquistados pela Azul, a empresa charter atua ainda em Cuiabá e Rondonópolis.

A expectativa é que o acordo entre em vigor em até 90 dias. Segundo o diretor de alianças da Azul, Marcelo Bento Ribeiro, a parceria reitera o compromisso da empresa em desenvolver novos mercados, mesmo onde seus aviões não chegam. "Temos uma expectativa muito grande de fortalecer nossa presença na aviação regional", disse, em nota.

Já a ASTA espera que, com o acordo comercial, a demanda por voos aumente em 30%, principalmente por conta da extensão da malha da Azul e da imediata conexão com os voos da companhia em Cuiabá.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.