Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

As 20 empresas que tiveram os maiores lucros de 2017

Quatro dos cinco maiores lucros do ano foram conseguidos por bancos e, em primeiro lugar, está o Itaú Unibanco

Modo escuro

Continua após a publicidade
Agência do Itaú (Gustavo Gomes/Bloomberg)

Agência do Itaú (Gustavo Gomes/Bloomberg)

K
Karin Salomão

Publicado em 3 de abril de 2018 às, 06h00.

Última atualização em 3 de abril de 2018 às, 06h00.

São Paulo - Com a recuperação da economia, os resultados das empresas com ações em bolsa também melhoraram. As empresas de capital aberto lucraram, no total, 144 bilhões de reais em 2017, contra 123 bilhões de reais no ano de 2016, o que representa uma alta de 17,06% nos últimos 12 meses.

A análise, feita pela Economática, considera os resultados de 295 empresas de capital aberto. A soma total exclui as empresas Petrobras e Eletrobrás.

Os bancos foram os maiores responsáveis pelo lucro no ano passado e representam quase metade dos ganhos. As 33 empresas do setor financeiro registraram lucro de 70,8 bilhões de reais no ano, contra 64,3 bilhões de reais em 2016, crescimento de 10,06%.

Dessa forma, quatro dos cinco maiores lucros do ano foram conseguidos por bancos. Em primeiro lugar no ranking dos maiores lucros está o Itaú Unibanco, com ganhos de quase 24 bilhões de reais no ano passado. Bradesco, Banco do Brasil e e Santander também estão no topo da lista da Economática.

Já o segmento não financeiro cresceu 24,73% no ano passado. As 262 empresas não financeiras registram lucro de 73,2 bilhões de reais em 2017, contra 58,7 bilhões de reais no ano anterior.

As mineradoras registraram ganhos de 17,4 bilhões de reais no ano, o segundo maior setor depois dos bancos. A Vale responde por quase todo esse valor sozinha, com lucro de 17,6 bilhões de reais no ano passado, o segundo maior resultado do período.

Veja nas tabelas abaixo quais foram os resultados por setor e quais foram as 20 empresas que obtiveram os maiores lucros de 2017.

Resultados por setor

Número de empresasSetorLucro ou prejuízo de 2017Lucro ou prejuízo de 2016Variação em porcentagem
23BancosR$ 63,1 bilhõesR$ 56,2 bilhões12,27%
3MineraçãoR$ 17,4 bilhõesR$ 14,2 bilhões22,88%
33Energia elétricaR$ 9,9 bilhõesR$ 13,3 bilhões-25,33%
12Alimentos e bebidasR$ 8,5bilhõesR$ 14,1 bilhões-39,84%
7Seguradoras e corretoras de segurosR$ 6,9 bilhõesR$ 6,6 bilhões5,56%
11QuímicaR$ 6,1 bilhõesR$ 1,3 bilhão366,98%
3TelecomunicaçõesR$ 5,6 bilhõesR$ 4,6 bilhões22,67%
5Softwares e DadosR$ 4,2 bilhõesR$ 4,2 bilhões0,31%
5Água, esgoto e outros sistemasR$ 3,8 bilhõesR$ 3,96 bilhões-4,40%
4Papel e CeluloseR$ 3,5 bilhõesR$ 6,1 bilhões-42,97%
19ComércioR$ 3,1 bilhõesR$ 1,01 bilhão202,97%
16TêxtilR$ 2,9 bilhõesR$ 1,15 bilhão153,05%
5EducaçãoR$ 2,6 bilhõesR$ 2,4 bilhões7,78%
13Transporte e serviçosR$ 2,3 bilhõesR$ 259,1 milhões803,94%
6Assistência médica e socialR$ 1,5 bilhãoR$ 1,1 bilhão37,68%
39OutrosR$ 1,4 bilhãoR$ 2,1 bilhões-30,57%
15Imobiliária e locadoraR$ 1,3 bilhãoR$ 1,3 bilhão-0,17%
5Máquinas industriaisR$ 1,1 bilhãoR$ 1,0 bilhão9,63%
13Veículos e PeçasR$ 893,4 milhões- R$ 978,3 milhões191,32%
3Outros serviços financeirosR$ 773,6 milhõesR$ 1,6 bilhão-50,44%
6Petróleo e gásR$ 585,5 milhõesR$ 572,3 milhões2,29%
4EletroeletrônicosR$ 365,6 milhõesR$ 302,3 milhões20,97%
2Minerais não metálicosR$ 119,9 milhõesR$ 31,2 milhões283,81%
18Siderurgia e metalurgia- R$ 169,6 milhões- R$ 4,9 bilhões96,54%
5Agro e pesca- R$ 432,8 milhões- R$ 255 milhões-69,73%
20Construção- R$ 3,41 bilhões- R$ 8,05 bilhões57,63%
295Lucro liquido empresas capital abertoR$ 144,08 bilhõesR$ 123,08 bilhões17,06%

Os 20 maiores lucros de 2017

EmpresaLucro em 2017Lucro em 2016Variação em porcentagem
ItauUnibancoR$ 23,96 bilhõesR$ 21,64 bilhões10,75%
ValeR$ 17,63 bilhõesR$ 13,31 bilhões32,42%
BradescoR$ 14,66 bilhõesR$ 15,01 bilhões-2,82%
BrasilR$ 11,01 bilhõesR$ 8,03 bilhões37,06%
Santander BRR$ 7,8 bilhõesR$ 5,53 bilhões44,53%
Ambev S/AR$ 7,33 bilhõesR$ 12,55 bilhões-41,56%
Telef BrasilR$ 4,61 bilhõesR$ 4,08 bilhões12,82%
BraskemR$ 4,08 bilhões- R$ 411 milhõesNão se aplica
CieloR$ 4,06 bilhõesR$ 4 bilhões1,26%
BBSeguridadeR$ 4,05 bilhõesR$ 4,01 bilhões0,88%
SabespR$ 2,52 bilhõesR$ 2,95 bilhões-14,52%
Btgp BancoR$ 2,38 bilhõesR$ 3,41 bilhões-30,06%
Engie BrasilR$ 2 bilhõesR$ 1,55 bilhão29,48%
KrotonR$ 1,88 bilhãoR$ 1,86 bilhão0,95%
Suzano PapelR$ 1,81 bilhãoR$ 1,69 bilhão6,82%
CCR SAR$ 1,8 bilhãoR$ 1,71 bilhão4,88%
CarrefourR$ 1,6 bilhãoR$ 1,17 bilhão36,20%
UltraparR$ 1,57 bilhãoR$ 1,56 bilhão0,81%
Tran PaulistR$ 1,36 bilhãoR$ 4,93 bilhões-72,31%
CosanR$ 1,31 bilhãoR$ 1,04 bilhão26,95%

 

Últimas Notícias

Ver mais
Ele construiu um império de R$ 400 milhões com inovações no mercado de cortinas. E agora quer mais

seloNegócios

Ele construiu um império de R$ 400 milhões com inovações no mercado de cortinas. E agora quer mais

Há 3 horas

Os calçados do Brasil sofrem com plataformas de compras na Ásia. A Vulcabras é uma exceção. Por quê?

seloNegócios

Os calçados do Brasil sofrem com plataformas de compras na Ásia. A Vulcabras é uma exceção. Por quê?

Há 3 horas

Essa empresa gaúcha acaba de fechar R$ 100 milhões em 'vaquinhas' online para startups

seloNegócios

Essa empresa gaúcha acaba de fechar R$ 100 milhões em vaquinhas pra startups

Há 7 horas

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

seloNegócios

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

Como a Suvinil tem reciclado o resto de tinta que você não usa

Como a Suvinil tem reciclado o resto de tinta que você não usa

Bastidores da produção sustentável do cacau viram série no Globoplay com Rodrigo Hilbert

Bastidores da produção sustentável do cacau viram série no Globoplay com Rodrigo Hilbert

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais