Apple vai reabrir parte das lojas nos EUA na próxima semana

A empresa afirmou que implantou novos procedimentos em meio à pandemia, similares aos adotados em países onde as operações já voltaram

A Apple anunciou nesta sexta-feira que vai reabrir parte de suas lojas em quatro estados dos Estados Unidos a partir da próxima semana, na primeira retomada de operações de varejo da empresa no país desde que fechou todos os pontos de venda em meados de março.

A companhia afirmou que vai reabrir "algumas" lojas nos Estados de Alabama, Alasca, Idaho e Carolina do Sul.

"Assim que puderemos reabrir com segurança nossas lojas, nós reabriremos", disse a Apple em comunicado.

Nas regiões onde reabrirá as lojas, a Apple afirmou que implantou novos procedimentos, similares aos adotados em países como Coreia do Sul, Austrália e Austria, onde as lojas da empresa já reabriram.

Consumidores e empregados terão que passar por verificações de temperatura e a Apple vai fornecer máscaras aos clientes se eles não tiverem antes de entrar nos estabelecimentos. A empresa também vai limitar o número de consumidores dentro das lojas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.