Negócios

Anac notifica Avianca e TAM por problemas em Brasília

Os problemas foram verificados por fiscais da Anac que atuam em esquema de plantão 24 horas no aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek


	Aeroporto de Brasília: mau tempo e fortes chuvas prejudicaram as operações no local
 (Wikimedia Commons)

Aeroporto de Brasília: mau tempo e fortes chuvas prejudicaram as operações no local (Wikimedia Commons)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de novembro de 2014 às 16h41.

Brasília - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informa que abriu procedimento administrativo para possível aplicação de autuação às empresas Avianca e TAM por problemas no atendimento aos passageiros na madrugada desta terça-feira em Brasília.

Os problemas foram verificados por fiscais da Anac que atuam em esquema de plantão 24 horas no aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek.

Ontem à noite, o mau tempo e fortes chuvas prejudicaram as operações no local.

A Inframerica, que opera o aeroporto de Brasília, informa que por causa do mau tempo, 20 voos foram desviados para Goiânia, Uberlândia, Salvador, Confins e Palmas.

Outros seis voos foram cancelados. Esse balanço considera registros entre as 17h14 de ontem e as 4 horas de hoje.

Durante a maior parte desse período, o aeroporto operou por instrumentos.

Na manhã de hoje, ainda em reflexo aos problemas verificados entre ontem e a madrugada de hoje, mais cinco voos foram cancelados.

A Anac explica que as companhias terão cinco dias para comprovar a prestação de assistência aos passageiros, segundo as normas da Agência, sob pena de multa de R$ 4 mil a R$ 10 mil por passageiro.

Acompanhe tudo sobre:Aeroporto de BrasíliaAeroportosAeroportos do BrasilAnacAviaçãoAviancaAviõesBrasíliacompanhias-aereasEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasServiçosSetor de transporteTAMTransportestransportes-no-brasil

Mais de Negócios

Como linhas de crédito para COP vão ajudar Dona Lúcia, cozinheira que mudou o modo de comer no Pará

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Casa do Pão de Queijo

De pequena farmácia a gigante da beleza, como O Boticário virou um fenômeno com R$ 30 bi em vendas

Smart Fit compra rede de estúdios Velocity por R$ 183 milhões

Mais na Exame