Negócios

Alibaba tem receita abaixo do esperado com desaceleração do e-commerce

A receita subiu cerca de 34% a 205,74 bilhões de iuanes no trimestre, abaixo das estimativas de 209,39 bilhões de iuanes

Sede do Alibaba Group  (Aly Song/File Photo/Reuters)

Sede do Alibaba Group (Aly Song/File Photo/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 3 de agosto de 2021 às 11h46.

O Alibaba divulgou receita trimestral abaixo das estimativas nesta terça-feira, uma vez que sua divisão de comércio eletrônico foi prejudicada pelo aumento da concorrência de empresas menores, como JD.Com e Pinduoduo.

A receita da unidade de comércio do Alibaba cresceu cerca de 35%, para 180,24 bilhões de iuanes no trimestre encerrado em 30 de junho, em comparação com estimativas de 184,23 bilhões de iuanes. No trimestre, havia crescido mais de 70%.

No geral, a receita subiu cerca de 34% a 205,74 bilhões de iuanes (31,83 bilhões de dólares) no trimestre, abaixo das estimativas de 209,39 bilhões de iuanes, segundo a Refinitiv.

O lucro líquido atribuído aos acionistas recuou para 45,14 bilhões de iuanes, ante 47,59 bilhões de iuanes no ano anterior.

Em uma base ajustada, o lucro foi de 16,60 iuanes por ação, acima das estimativas de 14,43 iuanes.

O Ant Group, fintech do Alibaba, registrou lucro de cerca de 13,48 bilhões de iuanes no trimestre encerrado em março, de acordo com o documento do gigante do comércio eletrônico chinês.

Os números vêm em meio a uma repressão regulatória chinesa à indústria, da qual o Alibaba se tornou um dos principais alvos.

Acompanhe tudo sobre:AlibabaBalançosChinae-commerce

Mais de Negócios

Delta Air Lines prevê prejuízo de R$ 543 milhões devido às Olimpíadas de Paris

10 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Mukesh Ambani: quem é o bilionário indiano que vai pagar casamento de R$ 3,2 bilhões para o filho

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Mais na Exame