Ações do Twitter caem e Elon Musk perde mais de US$ 1,1 bi em ganhos

Se o acordo para a compra da totalidade do Twitter por Musk fracassar, será necessário desembolsar uma taxa compensatória de US$ 1 bilhão
Elon Musk: bilionário está no processo de comprar uma das maiores redes sociais do mundo (Creative Commons/Divulgação)
Elon Musk: bilionário está no processo de comprar uma das maiores redes sociais do mundo (Creative Commons/Divulgação)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 25/05/2022 14:08 | Última atualização em 25/05/2022 15:23Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O preço das ações do Twitter caiu abaixo do valor pelo qual o bilionário Elon Musk as comprou, eliminando ganhos de mais de US$ 1,1 bilhão em quatro semanas. O papel da empresa de mídia social sofreu um tombo de 5,6% na terça-feira, 24, a US$ 35,76, fechando no menor nível desde 16 de março.

Assine a Empreenda e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.

A ação acumula perdas de 30,8% desde a máxima de US$ 51,70 que atingiu em 25 de abril, dia em que o Twitter aceitou ser comprado por Musk, a US$ 54,20 por ação.

Comunicado registrado na Securities and Exchange Commission (SEC a CVM dos EUA), de 5 de abril, mostra que o CEO da Tesla e fundador da SpaceX comprou 73,12 milhões de ações no Twitter, equivalentes a uma fatia de 9,1%, a um preço médio de US$ 36,157 segundo análise de dados feita pelo MarketWatch.

Isso significa que com a ação fechando na terça-feira 1,1% abaixo do preço de compra, Musk está perdendo agora US$ 29 milhões sobre seu investimento. Antes o ganho era de US$ 1,14 bilhão, considerando-se o preço de fechamento de US$ 51,70 de 25 de abril.

Se o acordo para a compra da totalidade do Twitter por Musk fracassar, será necessário desembolsar uma taxa compensatória de US$ 1 bilhão, que poderá ser paga tanto pela empresa quanto pelo bilionário, que recentemente pôs o acordo em suspenso após questionar o percentual de contas falsas da rede social.

(Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM: