SpaceX, de Elon Musk, vai lançar satélites brasileiros

Operação com empresa do bilionário que esteve na sexta-feira com Jair Bolsonaro, contudo, não foi direta, mas via empresa finlandesa
 (Bloomberg / Colaborador/Getty Images)
(Bloomberg / Colaborador/Getty Images)
Por Agência O GloboPublicado em 24/05/2022 14:07 | Última atualização em 25/05/2022 10:19Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Aeronáutica informou que o país lançará até a próxima segunda-feira dois satélites-radar com a SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, que esteve no Brasil na semana passada para um encontro com o presidente Jair Bolsonaro. Mas a contratação da empresa do homem mais rico do mundo foi indireta, de acordo com a Força Aérea.

Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia e descubra.

Os preparativos para o lançamento, a partir do Cabo Canaveral, na Flórida (EUA), estão sendo finalizados. O projeto começou a ser desenvolvido em 2019 com a empresa finlandesa Iceye, com custo total de US$ 33 milhões. A parceria com a Space X foi feita de forma indireta, pela própria fabricante do equipamento.

A expectativa é que o novo sistema batizado de Lessonia 1 entre em operação em novembro. A principal novidade é que novo sistema permite captar dados, independentemente das condições atmosféricas, através de nuvens, por exemplo, o que pode ser útil na Amazônia.

LEIA TAMBÉM: Depois de viver 4 horas de amor no Brasil, Musk inicia a semana sob pressão

Por meio desses radares, que rastreiam distâncias inferiores a 2 metros, será possível coletar imagens sobre queimadas, desmatamento e garimpos.

Segundo o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Júnior, a Força pretende ceder as imagens para órgãos públicos, como Ibama e Polícia Federal. O sistema não capta foto em tempo real e os dados precisam de tempo para ser tratados e analisados, de acordo com os objetivos.

O comandante da Aeronáutica contou, em café com jornalistas, que conversou com Musk e ofereceu a ele a estrutura do Centro de Lançamento de Alcântara (Maranhão), via cessão onerosa. A base permite o lançamento de pequenos satélites.

(Agência O Globo)

LEIA TAMBÉM: