Mundo

Voos russos próximos a navio são "provocativos", diz Kerry

O secretário de Estado norte-americano condenou o que os Estados Unidos descreveram como um ataque simulado a um navio da Marinha dos EUA


	O secretário de Estado americano, John Kerry: "condenamos este tipo de comportamento. É imprudente. É provocativo. É perigoso"
 (Yuri Gripas/Reuters)

O secretário de Estado americano, John Kerry: "condenamos este tipo de comportamento. É imprudente. É provocativo. É perigoso" (Yuri Gripas/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 14 de abril de 2016 às 17h56.

Miami - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, condenou nesta quinta-feira o que os Estados Unidos descreveram como um ataque simulado a um navio da Marinha dos EUA no Mar Báltico por dois aviões de guerra russos, dizendo que foi um ato perigoso e provocativo.

"Condenamos este tipo de comportamento. É imprudente. É provocativo. É perigoso. E sob as regras de engajamento poderia ter sido um abatimento", disse Kerry durante entrevista à CNN Español e ao Miami Herald.

"As pessoas precisam entender que é uma questão séria e os Estados Unidos não serão intimidados no alto mar.... Estamos nos comunicando com os russos sobre a periculosidade disto e nossas esperanças de que nunca se repita." 

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)John KerryNaviosPaíses ricosPolíticosTransportes

Mais de Mundo

Queda de aeronave russa na região de Moscou mata os três tripulantes a bordo

Ucrânia insiste em necessidade de poder lançar ataques “sistemáticos” ao território russo

Primeiro-ministro do Nepal perde moção de censura no Parlamento e terá que renunciar

Governo de Israel estenderá serviço militar obrigatório para três anos

Mais na Exame