A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Vítimas do Holocausto ganharam US$ 1 bilhão de fundo suíço

Herdeiros de vítimas e sobreviventes receberam mais de 1 bilhão de dólares de fundo criado após escândalo financeiro

Genebra - Sobreviventes do Holocausto e herdeiros das vítimas receberam 1,24 bilhão de dólares de um fundo suíço criado depois de um escândalo sobre contas inativas dos judeus assassinados durante a Segunda Guerra Mundial, informou uma revista de Zurique.

A revista judia Tachles obteve esta cifra de um relatório elaborado pelo juiz nova-iorquino Edward Korman, que supervisiona a gestão do fundo.

O relatório de Korman trata de operações realizadas desde 1998, quando os bancos suíços e o Congresso Judeu Mundial (CJM) assinaram um acordo sobre a restituição de bens judeus inativos.

Os bancos suíços, acusados durante décadas de possuir contas judias inativas, entregaram em 1998 a quantia de 1,25 bilhão de dólares ao CJM para saldar as contas e o juiz investiu estes fundos em obrigações americanas, à espera de que fossem distribuídos.

Quase 457.000 sobreviventes do Holocausto e herdeiros receberam esses fundos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também