Vietnã pede que China paralise produção em área em disputa

O campo de petróleo foi o centro de um conflito entre os dois países em 2014, quando a China fez exercícios militares próximo às ilhas de Paracel

Hanói - O Vietnã demandou nesta sexta-feira que a China remova um campo de exploração de petróleo de uma área de litígio no Mar do Sul da China e alertou que ações unilaterais de Pequim podem complicar o clima na região.

O campo de petróleo foi o centro de um conflito entre os dois países em 2014, quando a China fez exercícios militares próximo às ilhas de Paracel, que o Vietnã julga ser sua de sua propriedade.

O incidente diplomático fez com que houvesse várias protestos violentos no Vietnã.

O porta-voz do ministério das Relações Exteriores vietnamita, Le Hai Binh, disse que a China começou a explorar uma área no Golfo de Tonkin, região que os países estão negociando a soberania.

"O Vietnã se opõe veementemente e pede que a China abandone os planos de explorar a região e retire a plataforma Hai Duong 981 desta área, além de reforçar que não é necessário novas ações unilaterais que podem complicar ainda mais a situação", diz o comunicado.

Rejeitando as demandas do Vietnã, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hong Lei, disse que a plataforma de petróleo está explorando uma região de "indiscutível competência" da China.

"Esperamos que as partes em disputa possam ver isso objetivamente e racionalmente", disse Hong.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.