Tiroteio em escola no Texas deixa 19 alunos mortos

Foram mortos ao menos 19 estudantes e duas professoras. A maioria das vítimas tinha entre 5 e 10 anos
Mapa mostra cidade de Uvalde, no Texas: estudantes mortos no ataque (AFP/AFP)
Mapa mostra cidade de Uvalde, no Texas: estudantes mortos no ataque (AFP/AFP)
Por Da RedaçãoPublicado em 24/05/2022 17:55 | Última atualização em 25/05/2022 09:11Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Pelo menos 21 pessoas morreram e outras ficaram feridas após mais um tiroteio em uma escola nos Estados Unidos nesta terça-feira, 24. Um jovem armado abriu fogo contra alunos e funcionários na escola de ensino fundamental Robb, na cidade de Uvalde, no Texas.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

Inicialmente, os hospitais da região haviam confirmado a morte de duas vítimas, ambos estudantes, que morreram assim que chegaram ao hospital. O número subiu para 15, e, mais tarde, foram confirmadas 21 mortes, sendo 19 estudantes e duas professoras.

Não há números exatos sobre o total de feridos.

A maioria das vítimas eram crianças entre 5 e 10 anos, com a escola atendendo os anos iniciais do ensino fundamental.

O ataque ocorreu por volta do meio-dia, segundo as primeiras informações.

VEJA TAMBÉM: Nova York registra primeiro caso por varíola dos macacos

Em uma coletiva de imprensa nesta tarde, o governador do Texas, Greg Abbott, do Partido Republicano, disse que o atirador tinha 18 anos, e abandonou um veículo antes de chegar à escola com uma arma, incluindo possivelmente um rifle.

"Ele atirou e matou horrivelmente, de forma incompreensível, 14 estudantes e um professor", disse Abbott. O atirador foi identificado como Salvador Ramos e, segundo as primeiras informações, foi morto pela polícia. Ele era um aluno na Uvalde High School, escola de ensino médio da mesma cidade.

LEIA TAMBÉM: Novo presidente da Petrobras tem missão de levar privatização adiante

O suspeito teria também atirado em sua avó antes do ataque à escola. A idosa está viva e em estado crítico, segundo as autoridades.

Hospitais da região estão recebendo estudantes feridos na tarde desta terça-feira, entre crianças e adultos.

Uvalde é uma pequena cidade de maioria branca e 25 mil habitantes no Texas. O distrito onde fica a escola divulgou em seu perfil no Twitter que todas as atividades após as aulas foram suspensas, e eventos cancelados.

A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, disse que o presidente americano, Joe Biden, foi informado sobre o ataque.

Biden embarca na noite desta terça-feira de volta do Japão. O presidente americano esteve em visita pela Ásia nos últimos dias, em sua primeira viagem à região.

“Suas orações estão com as famílias impactadas por este terrível evento, e ele falará nesta noite quando voltar à Casa Branca", disse a porta-voz.

Desde que assumiu a Presidência, Biden tem defendido maiores restrições à compra de armas nos EUA, mas a medida é impopular entre a oposição e eleitores em alguns estados e não tem maioria suficiente no Congresso. Pelas leis americanas, cada estado decide sobre suas regras a respeito do tema.

Os EUA convivem com casos frequentes de atentados em massa, incluindo em escolas. Também neste mês de maio, outro caso chocou o país, após um atirador abrir fogo contra um supermercado em Buffalo, no estado de Nova York. O ataque ocorreu em uma vizinhança de maioria negra e foi considerado como crime racial. Outro caso ocorreu recentemente na Califórnia, em que um atirador abriu fogo contra uma igreja com frequentadores de origem taiwanesa, matando pelo menos uma pessoa.

*Reportagem atualizada para incluir o número oficial de vítimas do ataque.

(Com informações da AFP)