Teto de supermercado desaba e mata 25 pessoas na Letônia

Ainda há cerca de 30 pessoas presas embaixo dos escombros do centro comercial

Moscou - Pelo menos 25 pessoas morreram após o desabamento da cobertura de um supermercado em Riga, capital da Letônia, informaram nesta sexta-feira fontes do Ministério do Interior do país báltico.

Segundo o site "Mixnews.lv", ainda há cerca de 30 pessoas presas embaixo dos escombros do centro comercial e o número de mortes pode aumentar.

Entre os mortos estão, pelo menos, três membros das equipes de resgate, informou a imprensa do país, citando a porta-voz do Ministério do Interior, Daiga Holma.

Mais de 30 pessoas foram levadas para hospitais com ferimentos, alguns deles graves, como traumatismo craniano e lesões na coluna vertebral.

Um jornalista garantiu, durante uma transmissão ao vivo de uma emissora de rádio local, que tinha ouvido gritos embaixo dos escombros.

"A área é extremamente ampla e os trabalhos de remoção dos escombros estão sendo feitos muito lentamente e com muito cuidado, pois as estruturas que desabaram lembram um castelo de cartas de baralho. Ao levantar um bloco de concreto podemos provocar a queda de outros", explicou à televisão local a porta-voz dos serviços de resgate, Inga Vetere.


O edifício, construído há menos de dois anos, sofreu desabamentos em dois momentos distintos durante a tarde de ontem. O segundo causou a morte dos membros da equipe de resgate que já estavam no local da tragédia.

O chefe adjunto do Serviço Estatal de Bombeiros e Resgate, Normudn Plegermanis, declarou durante a madrugada que os trabalhos de resgate são muito complicados, já que a estrutura do edifício está muito instável e alguns desabamentos ainda estão acontecendo.

As autoridades municipais de Riga afirmaram que as obras para a construção de um jardim no terraço do supermercado podem ser uma das causas mais prováveis do acidente, uma possibilidade que já está sendo investigada pela polícia e que foi taxativamente rejeitada pela empresa construtora.

"Ainda não se pode dizer com toda segurança qual foi a causa do desabamento da cobertura do estabelecimento comercial, mas uma das causas da tragédia poderia ser o descumprimento de medidas de segurança durante os trabalhos" no terraço, disse o chefe do departamento de Obras de Riga, Inguss Vircavs.

O funcionário assegurou que todos os projetos da empresa construtora RE&RE, responsável pela construção do edifício e pelas obras no terraço, serão inspecionados nos próximos dias.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também