Tempestade de poeira "sufoca" norte da China; veja imagens

A qualidade do ar atingiu níveis perigosos na capital Pequim

São Paulo - Uma tempestade de poeira está sufocando uma grande parte do norte da China, incluindo a capital, Pequim, transformando o dia em noite e aumentando a poluição.

Vindas da vizinha Mongólia,  as tempestades de poeira chegam sempre que o tempo está árido, com baixa precipitação, trazendo consigo uma piora da qualidade do ar e da visibilidade nas regiões afetadas.

Tempestade de areia na China em 04.05.2017 -

- (REUTERS/Stringe/Reuters)

Segundo a mídia local, a média das chamadas PM2,5, as pequenas partículas de poluição mais prejudiciais para a saúde, subiu para 630 microgramas por metro cúbico em partes da capital nesta quinta-feira. A Organização Mundial da Saúde recomenda concentrações de apenas 10 microgramas.

Tempestade de areia na China em 04.05.201 -

- (Stringer/Reuters)

Cidades e vilas inteiras têm condição de visibilidade reduzidas. Em alguns lugares, o transporte foi paralisado, as estradas fechadas e as aulas nas escolas suspensas.

Tempestade de areia aumenta poluição na China em 04.05.2017 -

- (Stringer/Reuters)

Mas as condições naturais não são o único culpado pelo fenômeno.

A ação do homem, através do desmatamento e da urbanização intensa, ajuda a aumentar as zonas desérticas do norte da China e sul da Mongólia, o que agrava ainda mais a ventania de poeira.

Tempestade de areia sufoca norte da China em 04.05.2017

Como os centros urbanos da China são comumente sufocados pela poluição originada da queima de carvão pelas usinas elétricas, a chegada da névoa de poeira seca cria uma atmosfera "tóxica" para a saúde.

Este posto no Twitter, do cientista atmosférico da NOAA Dan Lindsay, mostra a movimentação da tempestade de poeira vista por satélite.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.