Taleban confirma morte de Mulá Omar, seu líder supremo

"A liderança do Emirado Islâmico e a família de Mulá Omar anunciam que o líder Mulá Omar morreu devido a uma doença", afirma o Taleban

Os talibãs confirmaram nesta quinta-feira em um comunicado a morte de seu líder supremo, Mulá Omar, um dia depois do anúncio feito pelo governo afegão.

"A liderança do Emirado Islâmico e a família de Mulá Omar anunciam que o líder Mulá Omar morreu devido a uma doença", afirma o Talibã, usando o nome oficial do movimento.

O comunicado não diz quando ele morreu, mas afirma que "sua saúde se deteriorou nas últimas duas semanas".

Acrescenta que três dias de cerimônias religiosas foram organizados para "orar pela alma de Mulá Omar".

Segundo informou na véspera o porta-voz do serviço de inteligência do Afeganistão, o líder supremo dos talibãs afegãos, mulá Omar, morreu há dois anos em circunstâncias misteriosas, confirmando assim os rumores sobre sua morte.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também