Sul-coreano é libertado três dias após sequestro na Líbia

Representante comercial do governo sul-coreano na Líbia foi libertado na quarta-feira pelas forças de segurança

Trípoli - Um representante comercial do governo sul-coreano na Líbia foi libertado na quarta-feira pelas forças de segurança três dias depois de seu sequestro em Trípoli, anunciou na noite de quarta-feira o ministério líbio das Relações Exteriores.

Segundo o vice-ministro líbio das Relações Exteriores, Abdelrazak al-Gridi, os serviços de segurança líbios conseguiram libertar Han Seok-woo, chefe da Agência de Promoção para o Investimento e o Comércio Coreano (KOTRA) na Líbia, que foi deixado em sua embaixada e está bem, informou.

O ministério sul-coreano das Relações Exteriores confirmou a libertação e disse que quatro pessoas foram detidas pelas autoridades líbias. "É possível que pertençam a um grupo armado rebelde", acrescentou o ministério.

Han, que trabalhava em Trípoli para a KOTRA desde 2012, foi sequestrado na noite de domingo por quatro pessoas não identificadas quando voltava para casa.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.