Sanders e Hillary disputam credenciais "progressistas"

Os dois pré-candidatos chegaram a New Hampshire na terça-feira, um dia depois de Hillary obter uma vitória apertada no caucus de Iowa

Os pré-candidatos presidenciais democratas Bernie Sanders e Hillary Clinton travaram disputa sobre suas credenciais progressistas em um encontro com eleitores na quarta-feira, mas também refletiram sobre espiritualidade, um tópico abordado com mais frequência por seus rivais republicanos.

Sanders, em evento televisionado na cidade de Derry, em New Hampshire, retomou um bate-boca anterior entre os dois adversários no Twitter e em aparições anteriores no Estado, que será palco da segunda prévia partidária em 9 de fevereiro, lembrando os eleitores que ele e Hillary tomaram decisões diferentes sobre o apoio à guerra no Iraque, o uso de dinheiro para campanha e políticas energéticas.

"Alguns dos meus melhores amigos são moderados, mas você não pode ser progressista e moderado ao mesmo tempo", disse Sanders no evento realizado pela rede CNN, que incluiu perguntas dos eleitores.

A ex-secretária de Estado Hillary Clinton falou logo depois de Sanders.

"Achei um tanto divertido hoje quando o senador Sanders se colocou na posição de árbitro de quem é progressista, porque segundo a definição que circulava no Twitter e em declarações de sua campanha, Barack Obama não seria um progressista, Joe Biden não seria um progressista... então não vou deixar isso me incomodar", afirmou.

A campanha da também ex-primeira-dama emitiu um comunicado à imprensa durante a participação de Sanders, listando os esforços de Hillary para "lutar por causas progressistas", incluindo a saúde pública e a educação.

"Sei a posição em que me encontro, sei quem está comigo, sei o que fiz", disse Hillary.

Os dois pré-candidatos chegaram a New Hampshire na terça-feira, um dia depois de Hillary obter uma vitória apertada no caucus de Iowa, a primeira disputa dos democrata para escolher o candidato à eleição presidencial de 8 de novembro.

Sanders, senador independente de Vermont que se declara um socialista democrata, está mais de 15 pontos à frente de Hillary em New Hampshire, segundo pesquisas, mas atrás da rival nas estimativas nacionais pela mesma porcentagem.m,

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também