Putin proporá Medvedev como primeiro-ministro

Putin, que assumirá a presidência no dia 7 de maio, defendeu conservar a ''prática que o presidente seja uma figura não-partidária''

Moscou - O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, antecipou nesta terça-feira que indicará o presidente em fim de mandato, Dmitri Medvedev, como chefe de governo e líder do partido governista Rússia Unida (RU).

Putin, que assumirá a presidência no dia 7 de maio, defendeu conservar a ''prática que o presidente seja uma figura não-partidária''.

''Como os senhores sabem, vou apresentar sua (Medvedev) candidatura para primeiro-ministro, por isso considero que seria correto que ele liderasse o partido'', disse em reunião com dirigentes do Rússia Unida.

Putin lembrou que Medvedev já liderou a legenda durante as eleições parlamentares de dezembro do ano passado. O líder russo lembrou que ''a Constituição não proíbe que o presidente seja membro de um partido (...), mas esta é uma figura aglutinadora para todas as formações políticas e todos os cidadãos do país''.

O premiê, que assumiu a liderança do partido em maio de 2008 após ser sucedido na presidência por Medvedev, nunca chegou a ser membro propriamente dito do partido.

No congresso federal do RU em setembro de 2011, Medvedev e Putin anunciaram seus planos de trocar de postos após as eleições legislativas e as presidenciais de março, o que foi muito criticado pela oposição.

Com Medvedev como cabeça de chapa, o Rússia Unida sofreu um forte golpe, perdeu mais de 12 milhões de votos e esteve a ponto de ficar sem maioria constitucional na Duma e na Câmara dos Deputados.

A princípio, a Duma votará em 8 de maio a candidatura de Medvedev, que foi muito criticado por descumprir suas promessas de luta contra a corrupção e liberalização do sistema político.

Após a reforma constitucional, o mandato presidencial é de seis anos, com isso Putin será chefe do Kremlin até 2018. Já a legislatura parlamentar é de cinco anos, portanto Medvedev poderá liderar o Executivo até 2017. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também