Pussy Riot retornam a Moscou

Nadezhda Tolokonnikova e Maria Aliokhina estavam na Sibéria

Moscou - Retornaram a Moscou as Pussy Riot Nadezhda Tolokonnikova e Maria Aliokhina, após terem recebido anistia do governo russo.

As duas músicas estavam na Sibéria. Tolokonnikova cumpria pena na prisão de Krasnoiarsk, na Sibéria Oriental.

Aliokhina esteve encarcerada no presídio de Nizhny Novgorod, mas estava na Sibéria desde que foi libertada. Elas foram soltas após a Câmara dos Deputados da Rússia ter aprovado uma anistia que as beneficiava.

Está prevista para hoje, 27, uma coletiva de imprensa com as duas jovens na capital russa.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.