Presidentes se dividirão entre praia, campo e escritório

As praias do Havaí ou da Bahia ou o até mesmo o escritório: são variados assim os gostos dos presidentes na hora de escolher onde passar as festas de fim de ano

Bogotá - As praias do Havaí ou da Bahia, as agrestes paisagens da Patagônia, as residências campestres ou o até mesmo o escritório; são variados assim os gostos dos presidentes na hora de escolher onde passar as festas de fim de ano.

Há os que nunca descansam ou pelo menos, se descansam, não dizem, mas outros líderes do continente, como os de Estados Unidos, Argentina, Uruguai, e a presidente Dilma Rousseff entre eles, não se envergonham de mostrar que, como o resto dos mortais, precisam descansar.

Um dos primeiros a dizer adeus foi o mais poderoso dos presidentes do continente, Barack Obama, que partiu com sua família rumo ao Havaí no dia 21 de dezembro na busca de "sonho e sol".

Obama, que nasceu nessas ilhas do Pacífico, viajou com sua esposa Michelle, suas filhas Sasha e Malia, e seus cachorros Bo e Sunny, para passar duas semanas em uma mansão que alugaram na cidade de Kaliua.

"A conclusão do ano sempre é um bom momento para refletir e ver o que se pode melhorar no ano seguinte. Assim é como espero passá-lo. Tenho certeza que inclusive terei melhores ideias após um par de dias de sonho e sol", disse antes de viajar.

Em Cuba se desconhece quando e onde tirará suas férias o presidente Raúl Castro, cuja agenda pessoal não é pública como também não o era a de seu antecessor e irmão mais velho, Fidel Castro.

Embora ainda não haja confirmação oficial, espera-se que o general Castro esteja no próximo dia 1º de janeiro em Santiago de Cuba, onde, segundo anunciou perante a Assembleia Nacional na semana passada, celebrará o aniversário de 55 anos do triunfo da Revolução cubana.


Como aqueles revolucionários que em 1º de janeiro de 1959 tiraram Fulgencio Batista do poder, enquanto muitos comemoravam a mudança de ano,os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e da Venezuela, Nicolás Maduro, seguem trabalhando em plenas festas, segundo os porta-vozes oficiais.

Morales assistiu na quarta-feira, dia do Natal, a um ato público em Yapacaní e hoje sancionou uma lei no Palácio de Governo em La Paz, enquanto Maduro oficialmente não tirou férias, mas acaba de passar alguns dias com sua esposa Cilia Flores em Cuba, de onde retornou no dia 24.

Outro chefe de Estado que segue ativo por estes dias é o uruguaio José Mujica, que hoje mesmo liderou a cerimônia de posse do novo ministro da Economia e Finanças, Mario Bergara, e amanhã presidirá o último Conselho de Ministros do ano.

No entanto, em coincidência com a chegada de 2014 começará duas semanas de férias junto com sua esposa, a senadora Lucía Topolansky, na estância presidencial de San Juan de Anchorena.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, deve viajar ainda hoje à residência presidencial de Cerro Castillo, em Viña del Mar, cerca de 120 quilômetros de Santiago, para descansar junto com sua família até o Ano Novo em frente ao Pacífico.

Por sua vez, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, não divulgou seus planos por enquanto, mas como em outros anos espera-se que passe a noite da virada em Cartagena de Indias com sua família.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, nem aluga casa como Obama nem usa propriedades estatais em suas férias.

No último dia 20 de dezembro, Cristina viajou à sulina província de Santa Cruz, na Patagônia, terra natal de falecido marido Néstor Kirchner e onde tem várias propriedades, inclusive hotéis.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, também tomou alguns dias de férias, embora não tenha informado oficialmente nem o lugar escolhido.

Pelo contrário, o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, "não costuma sair de férias" e hoje mesmo participou de um ato oficial no interior do país, segundo seu chefe de imprensa, Daniel Fleitas.

Já Dilma aproveitará dependências de propriedade do Estado para férias que começarão hoje e terminarão no dia 5 de janeiro, durante as quais manterá um "contato permanente" com a equipe de governo, segundo seus porta-vozes.

Junto com sua filha Paula e seu neto Gabriel, de três anos, Dilma descansará em instalações da Marinha na praia de Aratu, na Bahia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.