Premiê da Irlanda do Norte renuncia por crise do IRA

Robinson será substituído temporariamente por uma colega do Partido Demócratico Unionista (DUP), Arlene Foster

O chefe de Governo da província britânica da Irlanda do Norte, Peter Robinson, unionista, anunciou sua renúncia ao cargo em consequência do suposto retorno à atividade do IRA, uma situação que ameaça os avanços conquistados desde o fim do conflito civil.

Robinson será substituído temporariamente por uma colega do Partido Demócratico Unionista (DUP), Arlene Foster.

Robinson havia dito que ele e os ministros do DUP, que defende a continuidade da região como província britânica, renunciariam a menos que o Parlamento norte-irlandês suspendesse as atividades para enfrentar a crise, o que deixaria o Executivo de unidade entre republicanos e unionistas à beira do colapso.

Os comentários foram feitos depois que um dirigente do Sinn Fein, que governa ao lado do DUP e que deseja ver a Irlanda do Norte como parte da Irlanda, foi detido como parte da investigação do assassinato de um ex-atirador do IRA, o Exército Republicano Irlandês, no mês passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.