Papa permite absolvição do pecado do aborto durante Jubileu

A confirmação está na carta enviada ao presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização e encarregado de organizar o Ano Santo

Cidade do Vaticano - O Papa Francisco permitiu que os sacerdotes absolvam "o pecado de aborto aos que o praticaram e que estejam arrependidos de coração", durante o Jubileu da Misericórdia, que começa no próximo dia 8 de dezembro e será celebrado até 20 de novembro de 2016.

A confirmação está na carta enviada ao presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Rino Fisichella, e encarregado de organizar o Ano Santo extraordinário convocado pelo pontífice, divulgada nesta terça-feira pelo escritório de imprensa do Vaticano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.