Número de mortos em atentado em Cabul sobe para 48

Ataque ainda deixou outros 112 feridos na capital do Afeganistão

O número de mortos em função do ataque de um homem-bomba no centro de registro de eleitores, na capital afegã, neste domingo aumentou para um mínimo de 48, enquanto outras 112 pessoas ficaram feridas, disse uma porta-voz do Ministério da Saúde Pública. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

Wahid Majro, porta-voz do Ministério Público da Saúde, disse que outras 54 pessoas ficaram feridas no ataque de domingo.

O general Daud Amin, chefe de polícia de Cabul, disse que o suicida atacou civis que estavam reunidos para receber cartões de identificação nacionais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.