Número de mortos em acidente na Índia sobe para 105

"O destino de outras 100 pessoas ainda é desconhecido", afirmou P.C. Haloi, chefe de polícia do distrito de Dhubri, onde aconteceu o acidente com a balsa lotada

Guwahati - Autoridades indianas confirmaram a morte de 105 pessoas após um acidente envolvendo uma balsa lotada no nordeste do país. "Equipes de resgate e moradores locais recuperaram 105 corpos das margens do rio. O destino de outras 100 pessoas ainda é desconhecido", afirmou P.C. Haloi, chefe de polícia do distrito de Dhubri, onde aconteceu o acidente, à agência France Presse.

A balsa, que levava 350 pessoas, quebrou em dois pedaços e afundou durante uma tempestade nesta segunda-feira no Estado de Assam, nordeste da Índia.

As pessoas que se salvaram estavam na parte superior da balsa, informou o chefe de polícia de Assam, J.N. Choudhury.

Choudhury disse que o acidente aconteceu no rio Brahmaputra, perto de Fakiragram, no distrito de Dhubri. A região fica a cerca de 350 quilômetros a oeste da capital do Estado, Gauhati, e perto de onde o rio entra em Bangladesh.

A área é cheia de assentamentos à beiro do rio e de pequenas ilhas e os barcos são o meio de transporte mais comum. As balsas costumam ser superlotadas e há pouco respeito às regras de segurança. As informações são da Associated Press e da Dow Jones

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.