Itália tem menor número de novos casos de coronavírus em quase 2 semanas

Ao todo, o país europeu tem mais de 101.000 casos de infecções pela covid-19 e 11.500 mortes, e registra a maior taxa de mortalidade da doença

A Itália registrou nesta segunda-feira, 30, o menor número de novos casos de coronavírus em quase duas semanas. Nas últimas 24 horas, houve 4.050 novas infecções, em comparação com 5.217 no dia anterior. O número representa o menor incremento diário de casos de covid-19 no país desde 17 de março. As mortes aumentaram 812 nesta segunda, em comparação com as 756 registradas no domingo.

Já o número total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus na Itália chega a 101.739, de acordo com o levantamento em tempo real da Universidade Johns Hopkins. A Itália está atrás apenas dos Estados Unidos na lista dos países com maior número de pessoas com a covid-19.

A Itália, marcada por um rápido crescimento de casos nas últimas semanas, é também o país que registrou mais mortes. Até esta segunda, foram mais de 11.000. Dos mais de 100.000 infectados, 6.400 são profissionais de saúde.

A China, que foi o epicentro da pandemia do novo coronavírus, está em quarto lugar, atrás da Espanha. Esses países têm cerca de 82.000 e 85.000 casos, respectivamente.

Após dois meses, a China perdeu a primeira posição na última semana devido a um crescimento forte de infecções nos Estados Unidos e à queda no ritmo de contágio em seu território.

No mundo, já são mais de 750.000 infectados pela covid-19 e 36.211 mortos.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.