Mundo

Navio espanhol resgata 651 migrantes no Mediterrâneo

Segundo as autoridades, a fragata Canarias, que participava numa missão conjunta da UE, resgatou os refugiados na costa da Líbia

Resgate no Mediterrâneo: Canarias já salvou 1.958 imigrantes em menos de três meses durante patrulhas no Mediterrâneo (Edgar Su/Reuters)

Resgate no Mediterrâneo: Canarias já salvou 1.958 imigrantes em menos de três meses durante patrulhas no Mediterrâneo (Edgar Su/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 6 de maio de 2017 às 14h42.

Madri - Um navio da Marinha espanhola resgatou 651 migrantes que tentavam atravessar o mar Mediterrâneo do Norte da África para a Europa, informou neste sábado o Ministério da Defesa da Espanha.

Segundo as autoridades, a fragata Canarias, que participava numa missão conjunta da União Europeia, resgatou os refugiados no ínício deste sábado na costa da Líbia.

O ministério disse que a operação de salvamento foi realizada "em completa escuridão" e que os imigrantes eram de vários países subsaarianos diferentes.

Canarias já salvou 1.958 imigrantes em menos de três meses durante patrulhas no Mediterrâneo.

Fonte: Associated Press

Acompanhe tudo sobre:ImigraçãoRefugiadosUnião Europeia

Mais de Mundo

Chefe de campanha admite que Biden perdeu apoio, mas que continuará na disputa eleitoral

Biden anuncia que retomará seus eventos de campanha na próxima semana

Discurso de Trump não empolga e foco volta para possível saída de Biden; veja episódio

Telão da Times Square fica escuro após apagão cibernético; veja vídeo

Mais na Exame