Ministro do Interior do Iraque pede demissão após atentado

O atentado, que causou indignação aos habitantes da capital, ocorreu no bairro de Karrada, de maioria xiita

O ministro iraquiano do Interior, Mohammed Al-Ghabban, apresentou nesta terça-feira sua demissão ao primeiro-ministro Haider al-Abadi, dois dias depois de um atentado reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico que deixou mais de 200 mortos em Bagdá.

O atentado, que causou indignação aos habitantes da capital, ocorreu no bairro de Karrada, de maioria xiita.

Segundo o último balanço, ao menos 213 pessoas morreram na tragédia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.