Menina de 4 anos escapa da chacina nos Alpes franceses

A menina ficou por oito horas sem se mexer debaixo dos corpos de duas mulheres, sua mãe e sua avó

Chevaline - Os detetives prosseguiam com as investigações para tentar desvendar o mistério em torno da matança de quatro membros de uma mesma família de turistas britânicos em um camping no leste da França, da qual escapou uma menina de 4 anos, que ficou por oito horas sem se mexer debaixo dos corpos de duas mulheres, sua mãe e sua avó.

Vários policiais cercaram o trailer da família localizado em um camping de Alta Saboya (leste). O dono do local, situado às margens do lago Annecy, proibiu o acesso dos jornalistas.

Outros policiais também investigam a informação de que a família vitimada moraria numa casa do distrito residecial de Surrey, sudeste de Londres.

Pouca coisa se sabe ainda a respeito da família, apenas que era formada por um casal, suas duas filhas pequenas e a avó. Somente a identidade do pai foi estabelecida formalmente, com base em documentos entregues na recepção do camping.

A Scotland Yard, contatada em Londres, negou-se a fazer comentários, afirmando não estar envolvida neste caso.

"Devido à situação, é certo que a pista criminal ocupa o primeiro lugar", afirmou procurador de Annecy, Eric Maillaud. "Mas todas as pistas são possíveis", acrescentou.

A menina que escapou da matança foi encontrada à meia-noite dentro do carro BMW em que viajavam outras três pessoas, muito provavelmente seu pai, sua mãe e sua avó, que morreram baleados durante a tarde de quarta-feira, quando o veículo estava estacionado na localidade de Chevaline (Alta Saboya).

"Ela permaneceu imóvel durante cerca de oito horas. Não conseguimos encontrá-la logo que tivemos acesso à cena do crime", explicou, referindo-se ao técnicos do Instituto de Investigação Criminal da Gendarmeria Nacional (IRCGN).


"A menina falava em inglês. Ela ouviu ruídos, gritos, mas não soube dizer nada, ela tem apenas quatro anos", disse ainda Maillaud.

Além da família, também morreu um ciclista, cujo corpo foi encontrado na frente do carro, não muito distante de uma outra menina, mais velha que a encontrada viva no carro e gravemente ferida.

"Evidentemente, as duas meninas estão sob proteção das forças de segurança", acrescentou o promotor. A menina ferida foi transferida para o hospital de Grenoble com graves ferimentos, embora sua vida não corra perigo.

"Foram tomada todas as precauções para que fiquem acompanhadas, sejam tratadas e protegidas nas melhores condições possíveis", explicou.

A menina de 4 anos se escondeu sob as pernas da mãe morta durante todo o tempo em que ficou no carro, segundo um dos investigadores.

As vítimas foram encontradas por um ciclista que passava pelo estacionamento junto ao bosque do município de Chevaline no meio da tarde de quarta-feira. O corpo do pai estava no banco da frente e o da mãe e da avó no banco traseiro.

"Os três corpos encontrados no carro podem ser os do pai, da mãe e da avó. É a composição de uma família tradicional e assim foi descrito pelos ocupantes do camping", declarou o tenente-coronel Benoit Vinnemann, da polícia de Chambery, que conduz a investigação.

A quarta vítima é um ciclista de uma localidade vizinha.

O estado da irmã mais velha, que foi hospitalizada, é estável, segundo as autoridades.

No local do crime, foram encontrados vários cartuchos de uma pistola automática.

A imprensa britânica evocou várias hipóteses sobre o caso. Os jornais The Independent e The Mirror falaram de um assalto a mão armada, enquanto que The Telegraph cogita uma chacina premeditada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.